Veja 3 livros infantis sobre diversidade para ler com as crianças!

Está em busca de um livro infantil sobre diversidade? Confira nossa seleção de 3 obras para ler com as crianças!
livro infantil sobre diversidade: criança lendo no sofá

Que o mundo está mudando, não é nenhuma novidade. Já lidamos com novas ideias, tecnologias e modos de agir. Mas será que estamos prontos para explicar todas essas mudanças para as nossas crianças e garantir que elas vivam em um mundo melhor? Como tratar de temas complexos, como a diversidade e a inclusão?

A literatura pode ser uma ferramenta importante nesses momentos. Afinal, através da criatividade e dos personagens dos livros, nossas crianças podem imaginar situações que não vivem e desenvolver sua empatia, seu cuidado e sua atenção aos detalhes e sutilezas da sociedade. 

Por isso, elaboramos um conteúdo completo para te ajudar a entender como falar sobre temas que podem parecer complexos para as crianças e, ao final, indicamos 3 livros infantis sobre diversidade. Confira!

Por que falar sobre diversidade e inclusão com crianças?

Durante a infância, desenvolvemos muitos dos valores que carregamos ao longo da nossa vida. O contato com diversas visões de mundo é uma forma de ampliar esses valores e possibilitar que crianças se habituem a conviver com aquilo que é diferente.

Nesse sentido, falar sobre diversidade e inclusão com crianças é fundamental porque incentiva o desenvolvimento do respeito às diferentes culturas, pontos de vista e modos de agir. 

Além disso, prepara os jovens para um mundo mais igualitário, onde todas as pessoas têm o direito de ir e vir, amar, construir família, ter sucesso etc.

Mas abordar temas complexos — como racismo, machismo, preconceitos religiosos, homofobia, entre outros — não é importante apenas para que as crianças conheçam e respeitem o outro. 

Essa é uma maneira de fazer com que elas entendam melhor a si mesmas, e se reconheçam, em alguns casos, nessa diversidade. Acolhê-las e explicar para elas que o mundo não é um lugar preto e branco é também, portanto, uma maneira de fazer com que elas se sintam seguras para serem quem de fato são.

Leia também: Conheça os principais direitos da comunidade LGBT+!

Como falar sobre diversidade com crianças?

É sobretudo através da educação que a diversidade e a inclusão podem ser temas trabalhados com os mais novos. Isso porque a escola é um dos primeiros ambientes em que ficamos expostos ao que é novo, e também é o espaço em que a socialização acontece.

No entanto, para além da escola, familiares podem abordar o tema por meio de brincadeiras e conversas, dentro ou fora de casa. 

Crianças fazem perguntas e percebem o mundo à sua própria maneira, por isso é importante estarmos atentos às suas dúvidas e reações, para direcionarmos comportamentos e explicarmos aquilo que elas não conseguem entender sozinhas.

Uma maneira eficaz de falar sobre diversidade com crianças é através da literatura infantojuvenil. As histórias, coloridas e atraentes, são um modo de expor as crianças a diferentes realidades, trabalhando com elas temas que nem sempre são fáceis de abordar no dia a dia. 

A importância da leitura na infância não está somente no desenvolvimento intelectual e cognitivo da criança. O Estímulo deste hábito possibilita um tempo de qualidade entre os familiares e cria um ambiente seguro para perguntas.

Saiba mais: Conheça o Dia do Adolescente e entenda a importância da leitura entre os jovens

3 livros infantis que falam sobre diversidade

A leitura é uma forma simples e lúdica de abordar temas complexos com crianças e adolescentes. Por isso, separamos três livros infantojuvenis que tratam da diversidade em diferentes contextos, para te ajudar a introduzir o assunto, em casa ou na escola. Confira!

Tudo bem ter espinhos, de Nastya Ryabtseva

Em Tudo bem ter espinhos, história de Nastya Ryabtseva e ilustrada por Natasa Jovanic, acompanhamos Teodoro, um jovem ouriço cheio de vida. O seu maior sonho é conseguir brincar com outros animais da floresta onde vive, mas, infelizmente, seus espinhos são uma fonte de medo constante.

Diante desse impasse, Teodoro toma uma importante decisão: ele vai tentar se adequar ao que os outros animais esperam que ele seja. Durante esse processo, porém, ele passa por uma importante jornada de descoberta — sobre si mesmo e sobre o mundo que o cerca.

Para as crianças, ter amigos pode parecer a coisa mais importante do mundo. E, para isso, elas podem estar dispostas a mudar sua essência. 

Em Tudo bem ter espinhos, lembramos os pequenos de que a individualidade é uma característica importante, e que, mais importante do que nos transformar para atender às expectativas dos outros, é encontrar quem goste de nós do jeito como somos.

Banner Black November: clique para acessar!

Pequenas vidas pretas importam, de Kodi Dill

O movimento black lives matter (vidas pretas importam, em tradução livre) ganhou destaque nos Estados Unidos e no mundo desde o seu surgimento, em 2013.

Os ativistas ligados ao movimento lutam a favor da vida de pessoas negras e são os responsáveis por levar o debate sobre equidade racial e combate a violência contra pessoas negras a um nível internacional.

Embora o racismo seja uma postura condenada ao redor do mundo, a verdade é que as práticas racistas ainda fazem parte da nossa sociedade.

Em Pequenas vidas pretas importam, ilustrado por Chelsea Charles, Khodi Dill visa empoderar crianças negras, mostrando a elas uma realidade mais igualitária e cheia de líderes e heróis pretos.

O livro rimado traz citações memoráveis e serve como um lembrete da importância de diversas personalidades negras, que também já foram crianças um dia. Desse modo, visa fortalecer o movimento internacional e preparar os mais novos para lutar por uma sociedade mais igualitária e justa para todos.

Confira: A importância do brincar para o desenvolvimento infantil

Malu brinca de quê?, de Nanda Mateus e Raphaela Comisso

Malu é uma garotinha curiosa que, ao lado de sua boneca e melhor amiga, vive diversas e empolgantes aventuras. Em Malu brinca de quê?, ilustrado por Veridiana Scarpelli, somos levados a desbravar um mundo de brincadeiras que exploram a criatividade e questionam os padrões de brincadeiras “de menina” ou “de menino”.

Este é o livro ideal para mostrar para as crianças que a imaginação e a amizade verdadeira são duas características fundamentais para mantermos em nossa vida. Além disso, promove a ideia de que as melhores brincadeiras são aquelas que nos fazem felizes, independentemente do gênero a que costumam ser atribuídas.

Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado a entender a importância de trabalhar a empatia e inclusão com as crianças. Se você gostou das nossas indicações de livros infantis sobre diversidade, aproveite para conhecer a Mundo Benvirá, o selo editorial de livros infantojuvenis da Saraiva!

Você também pode gostar

Artigos em destaque