Confira nossa seleção com os 10 melhores livros infantojuvenis

Entenda mais sobre a importância da leitura para jovens e crianças e confira nossa seleção dos 10 melhores livros infantojuvenis!
Livros infantojuvenis: criança olhando impressionada para pilha de livros

Os livros infantojuvenis são aqueles voltados a um público de jovens leitores, como crianças e adolescentes. Com frequência, é mediante estas obras que eles têm um primeiro contato com o universo literário, a partir de narrativas de diversos gêneros.

De acordo com a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, 71% das crianças, entre 5 e 10 anos, e 81% dos pré-adolescentes, entre 11 e 13 anos, têm o hábito da leitura. Conforme avançamos no tempo esta taxa vai caindo  — por exemplo, é 67% entre os adolescentes de 14 a 17 anos.

A literatura infantojuvenil é essencial para que os jovens desenvolvam o hábito da leitura. Pois eles têm boas experiências com os livros neste momento de formação, a tendência é que mantenham o gosto por ler, cultivando espontaneamente este hábito.

A leitura traz uma série de benefícios para as pessoas. Por meio dela, é possível aprender coisas novas, conhecer outras realidades, melhorar a capacidade de comunicação e até aumentar a empatia. Além disso, ela também é uma forma de relaxar e se divertir. 

Neste artigo, você vai saber mais sobre livros infantojuvenis. Explicaremos o que são estas obras e sua importância. Ao final do artigo, selecionamos 10 excelentes opções de títulos. Boa leitura!

O que são livros infantojuvenis?

Livros infantojuvenis são aqueles voltados a crianças e adolescentes. Em geral, estas obras são de diversos gêneros, incluindo novelas, biografias, quadrinhos, histórias folclóricas, poemas, fábulas, adaptações, entre outros. 

Elas levam em consideração a idade do leitor no momento da elaboração do projeto gráfico e também do texto. Por exemplo, as publicações infantis costumam ser ricamente ilustradas e ter menos palavras. Muitas vezes, elas convidam a criança a “sentir” a obra — por meio de elementos lúdicos e texturas. 

Conforme o indivíduo vai crescendo, a tendência é que os livros infantojuvenis ganhem mais texto e tornem suas narrativas mais complexas. Eles também têm menos imagens. 

Em termos de conteúdo, estas obras podem apresentar narrativas fantásticas, e temas ligados às vivências de crianças e adolescentes. Os personagens principais têm idades próximas a eles, e vivem conflitos ligados a estas fases da vida. 

Além disso, os livros infantojuvenis também podem estimular o vínculo com pais e educadores, a partir da contação de histórias.

Qual a importância da leitura para jovens e crianças?

Como dissemos, geralmente, os livros infantojuvenis são o primeiro contato que as crianças têm com o universo literário. Logo, eles têm uma importância primordial para que elas adquiram o gosto pela leitura

Na infância e na adolescência, a leitura é essencial para o desenvolvimento de uma série de habilidades. Ela contribui para:

  • Melhorar e ampliar o vocabulário;
  • Desenvolvimento da escrita;
  • Adquirir conhecimentos;
  • Ter acesso a diferentes pontos de vista, o que estimula o senso crítico e desenvolve a empatia;
  • Desenvolver habilidades socioemocionais —  a criança aprende a como lidar com as emoções, ao se identificar com as vivências dos personagens, por exemplo;
  • Flexibilidade cognitiva;
  • Autonomia, a partir da busca independente por informações; entre outros.

Dessa forma, ao ler uma obra infantojuvenil, o jovem está desenvolvendo uma série de competências, que são essenciais para os anos seguintes de sua vida.

Aprofunde-se nesse tema: A importância da leitura na infância e 5 dicas para incentivar a prática

Quais os melhores livros infantojuvenis?

Entenda mais sobre a importância da leitura para jovens e crianças e confira nossa seleção dos 10 melhores livros infantojuvenis!

Agora que você conhece a importância da literatura infantojuvenil, pode se perguntar quais são os melhores títulos desta área.

Na lista abaixo, separamos 10 excelentes opções. São obras publicadas pelo selo Mundo Benvirá, que incentivam a leitura, a curiosidade e a reflexão sobre questões importantes da nossa sociedade. Confira-as:

  1. Malu brinca de quê?, de Nanda Mateus e Raphaela Comisso;
  2. Dentro de uma zebra, de Micaela Chirif e Renato Moriconi;
  3. Uma menina com um lápis, de Federico Levin e Nico Lassalle;
  4. Tudo que você é, de Omid Arabian;
  5. O livro dos equívocos: Você consegue encontrar o que está diferente?, de Seymour Chwast;
  6. Pequenas vidas pretas importam, de Khodi Dill;
  7. Como dormem os pássaros, de Sarah Pedry e David Obuchowski;
  8. Lagartas: O que eu serei quando me tornar eu?, de Kevin McCloskey;
  9. Um aperto no peito, de Áine Murray;
  10. Tudo bem ter espinhos, de Nastya Ryabtseva e Nataša Jovanić.

Saiba detalhes de cada livro:

1. Malu brinca de quê?, de Nanda Mateus e Raphaela Comisso

melhores livros infantojuvenis: capa Malu Brinca de Quê?

O livro conta a história de Malu, uma garotinha curiosa e cheia de energia, e Tiê, sua boneca e melhor amiga. Juntas, elas vivem aventuras empolgantes e desbravam um mundo de brincadeiras sem limites.

Ao longo de 32 páginas, com ilustrações deslumbrantes de Veridiana Scarpelli, Malu e Tiê exploram a criatividade de diversas formas e descobrem que as melhores brincadeiras são aquelas que nos fazem voar bem alto.

Este título celebra a imaginação, a amizade verdadeira e a importância de sermos autênticos, prometendo cativar crianças e adultos.

2. Dentro de uma zebra, de Micaela Chirif e Renato Moriconi

melhores livros infantojuvenis: capa Dentro de uma zebra

Escrito por Micaela Chirif, filósofa e autora peruana de poesia e de livros ilustrados para crianças, “Dentro de uma zebra” faz um questionamento inusitado ao leitor: “você já se perguntou como seria a vida de dentro de uma zebra?”.

Afinal, todos nós já vimos o que nos rodeia de um lugar peculiar em algum momento, seja olhando pela janela, ou protegidos por enormes óculos de sol. Entretanto, como será a vida de dentro de uma zebra? Em 2019, este título recebeu o Prêmio Hispanoamericano de Poesia para Crianças.

3. Uma menina com um lápis, de Federico Levin e Nico Lassalle

melhores livros infantojuvenis: capa Uma menina com um lápis

Nesta obra, uma menina não tem quase nada: só um lápis. Ela tem, então, quase tudo. Quase tudo que você pode pensar.

“Uma menina com um lápis” é uma parceria de Federico Levin, escritor argentino que já publicou romances, contos, poesias e roteiros para a TV; e Nico Lassalle, artista plástico argentino, que tem publicações em livros, jornais e revistas da Argentina, Brasil, Estados Unidos e Inglaterra. 

4. Tudo que você é, de Omid Arabian

melhores livros infantojuvenis: capa Tudo que você é

Inspirado em um poema de Rumi, este livro místico enfatiza a profunda interconexão entre o mundo e cada um de nós. Ao ler “Tudo que você é”, o leitor é levado por uma jornada que se inicia antes da existência do tempo e do espaço e termina nos dias atuais. 

Ilustrada pela artista iraniana-estadunidense Shilla Shakoori, a história é um acolhimento cósmico de nossa interconexão.

5. O livro dos equívocos: Você consegue encontrar o que está diferente?, de Seymour Chwast

melhores livros infantojuvenis: capa O livro dos equívocos

Em cada uma das páginas originais e coloridas desta obra, o designer gráfico estadunidense Seymour Chwast convida os jovens leitores a identificar o que não está certo

São enigmas e desafios divertidos e excêntricos que encantarão a todos — desde crianças a pais, irmãos, professores e bibliotecários. Inclui gabarito ao final.

6. Pequenas vidas pretas importam, de Khodi Dill

melhores livros infantojuvenis: capa Pequenas vidas pretas importam

Este livro empodera todas as crianças, em especial crianças pretas, ao afirmar que a vida delas importa, mesmo que ainda sejam pequenininhas. 

Mostrando 15 heróis pretos e as palavras poderosas que disseram, este livro rimado é um lembrete aos pequeninos de que cada uma dessas grandes personalidades um dia foi também criança.

Título escrito por Khodi Dill, educador antirracista, palestrante e poeta. Ilustrado por Chelsea Charles, que combina meios digitais e tradicionais para criar suas imagens.

7. Como dormem os pássaros, de Sarah Pedry e David Obuchowski

melhores livros infantojuvenis: capa Como dormem os pássaros?

Ao longo de páginas repletas de ilustrações deslumbrantes, descubra, nesta leitura perfeita para a hora de dormir, os misteriosos e fascinantes hábitos de sono de mais de 20 espécies de pássaros de todo o mundo.

8. Lagartas: O que eu serei quando me tornar eu?, de Kevin McCloskey

melhores livros infantojuvenis: capa Lagartas

Neste título de Kevin McCloskey, os jovens leitores vão explorar como as lagartas se transformam nas diversas mariposas e borboletas, que ajudam a polinizar nosso mundo. Crescer é assustador, mas as lagartas podem mostrar o caminho!

9. Um aperto no peito, de Áine Murray

melhores livros infantojuvenis: capa Um aperto no peito

Através deste conto rimado, acompanhamos uma jovem personagem através de uma série de situações estressantes. Ela quer fazer um teste para a peça da escola e um novo amigo no acampamento de dança, mas o aperto em seu peito sempre a atrapalha. 

Ela finalmente se abre para sua mãe, que explica que isso se chama ansiedade. Com a compreensão e apoio de sua mãe, ela cura lentamente o aperto no peito.

10. Tudo bem ter espinhos, de Nastya Ryabtseva e Nataša Jovanić

melhores livros infantojuvenis: capa Tudo bem ter espinhos

Este livro conta a história de Teodoro, um ouriço que é tão solitário que vive preparado para fazer qualquer coisa para os outros animais gostarem dele.

Entretanto, quando ele conhece Sofia, a tartaruga, descobre que um verdadeiro amigo irá apreciá-lo por quem você é de verdade. Também entende que somente quando você celebra seu verdadeiro eu é capaz de perceber todo seu potencial.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre livros infantojuvenis. Que tal também conferir nossa seleção com 21 livros de ficção?

Você também pode gostar

Artigos em destaque