Alcance a tranquilidade: Confira nossos 15 livros para ansiedade!

Livros para ansiedade: Mulher relaxa na rede

Confira nossa seleção completa de livros para ansiedade!

Um levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicou que, no primeiro ano da pandemia de Covid-19, a prevalência global de ansiedade e depressão aumentou em 25%.

A compreensão sobre os fatores que desencadeiam tais quadros de saúde é fundamental para lidar melhor com eles. Por isso, preparamos este artigo com uma lista completa dos melhores 15 livros para ansiedade, pensando naqueles que desejam se aprofundar no assunto.

O mesmo estudo da OMS mostrou que ansiedade e depressão são condições que afetam principalmente mulheres e jovens. 

É natural conectarmos o aumento mundial de tais condições de saúde ao cenário pandêmico. Contudo, um outro estudo da OMS, de 2019, já trazia um dado que saltava aos olhos: 18,6 milhões de brasileiros conviviam com transtorno de ansiedade (9,3% da população). 

O número já colocava o Brasil no centro do pódio, como o país mais ansioso do mundo.

Mas, afinal, o que é a ansiedade? Respondemos a esta primeira pergunta a seguir!

O que é a ansiedade?

A ansiedade e os transtornos de ansiedade são um conjunto de doenças psiquiátricas caracterizadas pela preocupação excessiva ou constante de que algo negativo acontecerá.

As pessoas que passam por crises de ansiedade têm dificuldade de se ater ao presente durante esses quadros. Costumam sentir uma grande tensão, que nem sempre tem um motivo aparente. 

Quantas pessoas têm ansiedade no mundo?

Segundo a OMS, 264 milhões de indivíduos vivem com transtornos de ansiedade ao redor do mundo.

Quais são os sintomas físicos da ansiedade?

A ansiedade pode manifestar ainda sintomas físicos, como:

  • Sudorese;
  • Taquicardia;
  • Falta de ar;
  • Formigamento;
  • Náusea;
  • “Borboletas” no estômago;
  • Boca seca;
  • Ondas de calor.

Os sintomas da ansiedade têm similaridade com os do medo, um estado que possui função muito importante para a adaptação ao ambiente e sobrevivência. 

Entretanto, a reação aos estímulos externos pode ser excessivamente intensa, a ponto de impedir o indivíduo de se proteger e racionalizar a situação. Ou seja, quando a reação é desproporcional ao estímulo (podendo até mesmo se tornar crônica), a ansiedade vira doença.

Quais são os transtornos de ansiedade?

Transtorno de ansiedade generalizada (TAG), pânico, fobias e ansiedade social, além de estresse pós-traumático e transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), são considerados transtornos de ansiedade.

Como é feito o diagnóstico da ansiedade?

O diagnóstico de ansiedade é clínico, o que significa que precisa ser realizado por um médico, com base na análise dos sintomas.

Apesar de não haver um exame capaz de confirmar o transtorno, um médico pode solicitar alguns testes para descartar outras doenças, já que muitos dos sintomas são físicos. 

Vale destacar também que há medicamentos e doenças, como o hipertireoidismo, que podem provocar ansiedade.

Banner Black November: clique para acessar!

Como os livros ajudam na ansiedade?

O ato de ler pode contribuir no combate à ansiedade, uma vez que estimula o cérebro de uma forma global. 

Quando lemos, somos capazes de desviar o foco de atenção para outros aspectos além da realidade à nossa volta e dos pensamentos negativos, que podem estar instigando a nossa ansiedade.

Em outras palavras, a leitura desenvolve a concentração, o foco seletivo, assim como a imaginação. 

É considerada por muitos, inclusive, como uma forma de meditação.

15 Livros para ansiedade: aprenda a identificar e lidar com o transtorno

A seguir, apresentamos algumas obras que podem ajudar as pessoas que lidam com a ansiedade no dia a dia. Também são interessantes para aqueles que apenas desejam saber mais sobre o tema. 

Fizemos uma seleção que passa por diferentes autores, perspectivas sobre o assunto e formas de lidar com os transtornos de ansiedade. Olha só:

  1. Ansiedade: Como enfrentar o mal do século — Augusto Cury
  2. Ansiedade 2: Autocontrole — Augusto Cury
  3. Ansiedade 3: Ciúme — Augusto Cury
  4. Ansiedade: Como enfrentar o mal do século para filhos e alunos — Augusto Cury
  5. Antiestresse para todos — Augusto Cury
  6. Gestão da emoção — Augusto Cury
  7. Pais inteligentes formam sucessores, não herdeiros — Augusto Cury
  8. Felicidade roubada — Augusto Cury
  9. O jeito Harvard de ser feliz — Shawn Achor
  10. Coragem para crescer — Jim Detert
  11. O líder em mim — Stephen R. Covey, Sean Covey, Muriel Summers e David K. Hatch 
  12. Supere o não — William Ury
  13. Manual do amor-próprio — Mica Rocha
  14. O fator confiança — Marco Fabossi
  15. Hiperfoco — Chris Bailey

1. Ansiedade: Como enfrentar o mal do século — Augusto Cury

Livros para ansiedade: Capa de livro

Para quem busca livros para ansiedade, as obras do psiquiatra, professor e autor brasileiro Augusto Cury são de grande valia. 

Em Ansiedade: Como enfrentar o mal do século, Curry parte do princípio de que vivemos em uma sociedade de excessos. Somos bombardeados por informações que, na maior parte das vezes, não conseguimos absorver. 

Somos cobrados, pressionados, nos tornamos reféns da nossa mente. Essa situação alterou algo que deveria ser inviolável — o ritmo de construção de pensamentos. Deste modo, são geradas consequências seríssimas para a saúde emocional, o prazer de viver, a inteligência, a criatividade. 

O autor mostra que pensar é bom; pensar com consciência crítica, melhor ainda. Contudo, pensar excessivamente é uma bomba contra a qualidade de vida e um intelecto criativo e produtivo.

Nesta obra, Cury apresenta a Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA), uma das doenças mais penetrantes da atualidade. Ainda pouco conhecida por psicólogos e psicopedagogos, não raro a SPA é confundida com hiperatividade ou transtorno do déficit de atenção. 

No livro, você conhecerá os sintomas e as consequências desse mal, bem como as técnicas para enfrentá-lo e recuperar sua tranquilidade, emocional e mental.

2. Ansiedade 2: Autocontrole — Augusto Cury

Em Ansiedade 2: Autocontrole, Augusto Cury revela os segredos para gerenciar o estresse e desenvolver o autocontrole, essencial para uma vida emocional saudável e plena

Título fundamental para aqueles que procuram livros para ansiedade, o livro apresenta a diferença entre ansiedade e estresse. Ressalta que os dois são essenciais para a sobrevivência humana, mas que, como tudo na vida, precisam ser dosados. 

Livros para ansiedade: Capa de livro

Alguns dos conceitos utilizados pelo autor foram apresentados no best-seller Ansiedade: Como enfrentar o mal do século (item anterior da lista). Por exemplo, a Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA), que vem pouco a pouco nos transformando em prisioneiros em nossa própria mente.

Curry aborda suas consequências alarmantes e técnicas para enfrentá-la. 

Neste novo livro, ele usa parte de sua própria história — de adolescente desinteressado a pesquisador com livros publicados em muitos países — para mostrar como a ansiedade e a SPA podem sabotar a maturidade e impedir o ser humano de ser líder de si mesmo.

O autor conta como ele mesmo utilizou essas técnicas para vencer o medo de fracassar e alcançar o êxito profissional e pessoal.

3. Ansiedade 3: Ciúme — Augusto Cury

Durante muito tempo, acreditou-se que o ciúme era sinal de amor, mesmo quando este era doentio e provocava sofrimento nas pessoas envolvidas.

Se uma relação não tivesse boas doses de ciúme era porque um dos parceiros não estava realmente envolvido.

Mas a nossa sociedade mudou. Com o tempo, percebemos que o ciúme não é o tempero das relações, mas sim um sinal de que algo está faltando dentro de nós. Algo que nos complete e nos permita ser feliz sem a presença de outra pessoa. 

E o ciúme não está dissociado da ansiedade, muito pelo contrário.

Livros para ansiedade: Capa de livro

Em Ansiedade 3: Ciúme, o psiquiatra e escritor Augusto Cury traz à tona as várias facetas desse sentimento que divide opiniões. Ressalta que, embora exista um ciúme sadio caracterizado pelo desejo de estar próximo de quem se ama, é tênue a linha que divide o amor ao próximo e a falta de amor-próprio. 

Na visão do autor, a pessoa que sente ciúme se abandonou, e por isso procura no outro aquilo que ela mesma não é capaz de se dar.

Você aprenderá a proteger sua emoção e criar uma relação saudável com você mesmo, em primeiro lugar, e com todos que o rodeiam. Esse aprendizado virá de lições simples, como:

  • Ter um romance com sua própria história antes de se relacionar com outra pessoa;
  • Ser transparente;
  • Não ser um carrasco de si mesmo,. 

Afinal, o ciúme não está restrito apenas aos casais. Pais, filhos, amigos, todos podem ser afetados por esse sentimento que encarcera as relações.

4. Ansiedade: Como enfrentar o mal do século para filhos e alunos — Augusto Cury

Muitas pessoas buscam livros para ansiedade a fim de tentar melhorar as relações parentais. E esta obra pode ser de grande valia neste sentido.

Livros para ansiedade: Capa de livro

Os gêmeos Cacá e Carol são como quase todos da sua idade: não gostam muito de estudar, vivem brigando e não tiram os olhos do celular. É post em uma rede social, foto em outra… Os dois chegam até mesmo a trocar mensagens instantâneas quando estão lado a lado, em vez de dialogar pela fala. 

Mas a vida dos irmãos começa a mudar quando recebem um chamado da natureza. Durante a aula de biologia, um dos sapos que seria dissecado pela turma de Cacá consegue fugir e dá um recado espantoso para o garoto: “Você é um escolhido”. 

Dias depois, Carol passa por uma experiência parecida ao ouvir um grilo. Preocupados com possíveis problemas de comportamento das crianças, seus pais chamam o avô para uma visita à família. 

Psiquiatra sempre ocupado, Marco Polo não costuma ter muito tempo para os netos.

Mas, ao se deparar com os dois fissurados em tecnologia e após ouvir os relatos sobre os animais falantes, resolve que é hora de passar mais tempo com eles e lhes revelar um grande segredo: ele também é um escolhido — e tem até um vídeo para provar que realmente se encontrou com um animal falante. 

Marco Polo acha que as crianças precisam sair do mundo virtual e descobrir seu verdadeiro lugar no mundo. Para isso, as convida a visitar a perigosa e encantada Floresta Viva, que fica no coração da Floresta Amazônica.

Durante a viagem, as crianças aprenderão não apenas a importância da natureza, mas também a controlar seus impulsos, encarar seus medos e aquietar a mente. 

Tudo isso com a ajuda da Turma da Floresta Viva, um grupo de animais muito divertidos e inteligentes.

5. Antiestresse para todos — Augusto Cury

Outra obra que se enquadra na categoria de livros para ansiedade, Antiestresse para todos lhe convida a se conhecer melhor, aprender a gerir a emoção e controlar o estresse. Isso por meio de lindas imagens e frases que levam à reflexão e à interiorização. 

Você encontrará mais do que desenhos: encontrará múltiplas ferramentas para ter autocontrole. Enquanto estiver colorindo, reflita sobre cada um dos ensinamentos e sobre maneiras de colocá-los em prática para tornar seu dia a dia mais saudável e feliz.

6. Livros para ansiedade: Gestão da emoção — Augusto Cury

Estamos na era da sustentabilidade. Mas precisamos ter consciência de que não apenas o planeta tem recursos limitados, mas o “planeta” cérebro também. 

Estamos esgotando a nossa mente com vários tipos de pensamentos e ações, como:

  • Ruminar perdas e mágoas;
  • Sofrer pelo futuro;
  • Preocupar-nos muito com a opinião das pessoas:
  • Ter a necessidade neurótica de mudar os outros;
  • Cobrar demais de nós mesmos e de quem está ao nosso redor. 

Ao agir assim, podemos ser ótimos para a empresa em que trabalhamos, mas nos tornamos carrascos de nosso cérebro e de nossa qualidade de vida. E, na verdade, o rendimento profissional também seria bem melhor com uma boa saúde mental.

Nesta obra, Augusto Cury lhe ajudará a identificar o mau uso da emoção e o gasto desnecessário de energia, além de sugerir ferramentas para corrigir a rota. 

Por meio de técnicas simples mas impactantes, Cury o ensinará a trabalhar melhor a emoção e expandir as habilidades vitais da inteligência.

7. Pais inteligentes formam sucessores, não herdeiros — Augusto Cury

Livros para ansiedade baseados na relação entre pais e filhos podem ajudar a compreender melhor e até fortalecer este laço.

Quando nos tornamos pais, assumimos o compromisso de criar um indivíduo que levará nossa herança para o mundo — não apenas a carga genética e os bens materiais, mas também, e principalmente, nossos valores e nossa cultura

Mas como saber se estamos acertando com os nossos filhos? A formação de sucessores é uma das áreas mais vitais da educação de mentes brilhantes. 

Neste livro, o conceituado psiquiatra e psicoterapeuta Augusto Cury aborda dois conceitos que dizem muito sobre a nova geração e o futuro das nações: herdeiros e sucessores. 

Deixando de lado a definição clássica, Cury vê os herdeiros como gastadores imediatistas, que não enriquecem e nem cultivam os bens e conhecimentos que adquiriram de seus pais e mestres. 

Já os sucessores sabem transformar o que lhes foi transmitido e pensam no médio e longo prazo. 

Herdeiros vivem na sombra dos outros, enquanto sucessores constroem seu próprio legado. Neste livro único e extremamente instrutivo, Cury apresenta um conjunto de técnicas para que pais, professores e líderes possam corrigir a rota da educação, se necessário, e saibam como preparar os jovens para se tornarem sucessores e assumirem seus papéis na sociedade.

8. Felicidade roubada — Augusto Cury

E se, de repente, você perdesse a capacidade de fazer aquilo que dá sentido à sua vida? E se fosse paralisado por seus medos?

Alan de Alcântara é um bem-sucedido neurocirurgião que dedica grande parte de seu tempo à medicina. 

Cético e pragmático, não reconhece qualquer sinal de fraqueza em si e tem dificuldade em lidar com pessoas lentas. Sua vida profissional suga toda a sua energia e, apesar de amar sua esperta filha Lucila e sua adorável esposa Claudia, mal convive com elas. 

Pensa que o amor é algo incondicional e não precisa de cuidado… Durante uma cirurgia, no entanto, Alan é acometido por uma crise de pânico e não é capaz de terminar o procedimento, deixando a responsabilidade para seu auxiliar. 

Ele pensa estar sofrendo um ataque cardíaco, e não admite o diagnóstico: transtorno psíquico. Em hipótese alguma, seu mal-estar poderia ter origem emocional. Isso é para fracos, acredita o médico. 

Alan verá suas certezas desmoronarem diante da doença, que irá significar, em última instância, uma oportunidade rara para se reconstruir como ser humano.

9. O jeito Harvard de ser feliz — Shawn Achor

Você não precisa ter sucesso para ser feliz. Mas precisa ser feliz para ter sucesso!

A sabedoria popular diz que se nos empenharmos teremos sucesso, e se tivermos sucesso, então poderemos ser felizes. Se pudéssemos encontrar aquele emprego dos sonhos, ter mais uma promoção, perder aqueles três quilos, a felicidade viria.

Mas descobertas recentes no campo da psicologia positiva têm demonstrado que essa fórmula funciona na verdade de maneira inversa: é a felicidade que impulsiona o sucesso, e não o contrário.

Quando somos positivos, o nosso cérebro se envolve mais, torna-se mais criativo, motivado, energizado, resiliente e produtivo no trabalho. 

Este não é um simples mantra vazio. A descoberta foi repetidamente comprovada por rigorosas pesquisas nos campos da psicologia e da neurociência, estudos de gestão e resultados financeiros de organizações ao redor do mundo.

Este livro não discute apenas como ser mais feliz. Trata de nos ensinar a colher os frutos de uma atitude mental mais positiva, que proporcione efeitos extraordinários no nosso trabalho e na nossa vida.

É uma leitura obrigatória para todos aqueles que buscam a excelência em um mundo em que a carga de trabalho, o estresse e o negativismo estão cada vez maiores.

10. Coragem para crescer — Jim Detert

Apesar de esta recomendação não estar diretamente relacionada à ansiedade, ela trata de vários temas sobre administração de negócios, que podem deixar as pessoas bem ansiosas:

  • Discordar do chefe;
  • Lutar por condições melhores e mais igualitárias;
  • Dispensar colaboradores ou tomar outras decisões impopulares;
  • Combater o assédio, o racismo ou a corrupção.

Esses são apenas alguns exemplos de situações relacionadas à ansiedade, que são também oportunidades de ser corajoso no trabalho.

Mas não é tão fácil superar a ansiedade e ter coragem neste ambiente. Por medo dos riscos — de perder amigos, status ou até mesmo o emprego — nem sempre agimos da forma como gostaríamos.

Neste livro, o professor e pesquisador Jim Detert mostra que a coragem não é um traço de personalidade reservado a poucos, mas uma virtude essencial que desenvolvemos com a prática. 

Através de exemplos de pessoas comuns em diversos contextos, você entenderá o conceito de coragem competente e como aplicá-la em sua própria vida profissional.

Coragem para crescer é um guia para quem está buscando fazer a diferença, agir com integridade ou simplesmente evoluir como profissional, vencendo de vez o obstáculo da ansiedade no trabalho.

11. O líder em mim — Stephen R. Covey, Sean Covey, Muriel Summers e David K. Hatch

Como lidar com a ansiedade nas escolas?

Tirar boas notas, absorver os conhecimentos do currículo escolar, desenvolver-se intelectualmente… Tudo isso é importante na vida dos alunos. Mas, ao focar apenas nesses aspectos, muitas escolas deixam de lidar com problemas urgentes. 

  • Como reduzir a indisciplina?
  • Como estimular a proatividade e a criatividade?
  • Como fazer com que os alunos trabalhem melhor em equipe?
Livros para ansiedade: Capa de livro

Foi pensando em resolver questões como essas que a professora Muriel Summers desenvolveu uma forma de aplicar, nas escolas, os famosos 7 Hábitos de Stephen R. Covey.

Ao aprender princípios como “seja proativo”, “pense ganha-ganha” e “faça primeiro o mais importante”, os estudantes se tornam mais autoconfiantes e independentes.

Passam, a partir daí, a adotar novas atitudes não apenas na escola, como também na família e na comunidade. Assim, aprendem também a ser menos ansiosos.

O Líder em Mim traz toda a história desse bem-sucedido programa educacional, além de dicas de como implementá-lo em qualquer instituição de ensino. 

Essa é a grande chance de mudar o futuro das crianças, tornando-as aptas a enfrentar o mundo adulto com maturidade, tranquilidade e ética.

12. Livros para ansiedade: Supere o não — William Ury

O ato de negociação é também pode provocar grande ansiedade.

Livros para ansiedade: Capa de livro

Como negociar de maneira bem-sucedida com um chefe teimoso, um cliente irritado ou um colega difícil, que insistem em dizer não? Como conquistar a cooperação das pessoas nas mais diferentes situações de conflito? 

Em Supere o não, William Ury, um dos maiores especialistas em negociação do mundo, oferece uma estratégia eficaz de cinco passos para contornar a resistência da outra parte e finalmente chegar a um acordo. 

Você aprenderá a:

  • Controlar suas emoções quando estiver sob pressão;
  • Neutralizar a hostilidade do oponente e demonstrar o seu poder.

Com este clássico em mãos, você nunca mais terá problemas com negociações difíceis. Assim, mais uma fonte de ansiedade será combatida!

13. Manual do amor-próprio — Mica Rocha

Autoestima, amor-próprio… O que essas palavrinhas tão na moda realmente significam? O que é ter a autoestima em dia?

É possível ter uma boa autoestima sem parecer arrogante ou sem ser julgada pelos outros? É o amor-próprio a chave para a felicidade e a sensação de plenitude?

E qual a relação dessas questões com a ansiedade?

Em Manual do amor-próprio, Mica Rocha aborda este estado de espírito que pode impactar diretamente nossa vida e o sentido que damos a ela. 

Sem deixar de lado o bom humor, a autora usa a própria história como exemplo para falar de assuntos delicados, como relacionamentos tóxicos, insatisfação com a vida profissional e bullying.

Com a ajuda de uma psicóloga e alguns testes de autoconhecimento, a obra oferece ferramentas para que você aprenda a se amar e, consequentemente, a ser mais feliz. 

Através desse exercício de amor-próprio, 

14. O fator confiança — Marco Fabossi

Em seus mais de 25 anos atuando como diretor de empresas nacionais e multinacionais e como coach executivo, Marco Fabossi aprendeu que uma das bases para a liderança efetiva são os relacionamentos

Livros para ansiedade: capa de livro

Descobriu também que, para que esses sejam verdadeiros e significativos, é imprescindível que a confiança esteja presente. Esse é um ponto de essencial atenção, já que a ansiedade vem também das relações sociais, e principalmente das relações no ambiente de trabalho e do exercício de liderança.

Para Fabossi, nenhum líder será bem-sucedido sem antes estabelecer verdadeiras relações de confiança com sua equipe. Mas desenvolver confiança e segurança num ambiente competitivo, exponencial e ágil não é uma tarefa fácil. 

Por isso, Fabossi criou o conceito das 4 dimensões, para conduzir você e sua equipe aos melhores resultados.

Dirigido a profissionais que ocupam posições de liderança ou que atuam como agentes de motivação e engajamento de pessoas no dia a dia, o fator confiança irá  lhe ajudar a encontrar o caminho para se tornar um verdadeiro líder.

15. Livros para ansiedade: Hiperfoco — Chris Bailey

Você tem mil e uma tarefas ao longo do dia, seja no trabalho ou na vida pessoal. Mas muitas vezes, logo que começa uma delas, é interrompido por uma mensagem no celular ou por alguém que te chama.

Junto com a notificação, a ansiedade surge imediatamente.

Às vezes, você mesmo se cansa da tarefa e resolve checar uma rede social. E aí entra numa espiral de distrações e nunca consegue finalizar o que começou. Parece familiar?

Todo mundo sofre com a falta de foco hoje em dia. Nossa atenção se divide entre coisas demais e, embora estejamos sempre ocupados, rendemos pouco. Será que é possível reverter esse cenário e nos tornarmos mais produtivos, fazendo mais em menos tempo?

Neste livro, o especialista em produtividade Chris Bailey fornece dicas práticas que nos ajudam a controlar melhor nossa atenção. 

Ele revela como o cérebro alterna entre o modo hiperfoco (um estado de profunda concentração) e o modo foco disperso (ideal para despertar a criatividade), e que o caminho para sermos mais eficientes e criativos é saber combinar os dois na medida certa.

Hiperfoco vai mudar definitivamente o modo como você trabalha. Com certeza será uma grande ajuda para combater a procrastinação, uma das principais fontes geradoras de ansiedade.

Gostou das nossas dicas de livros para ansiedade? Compartilhe e auxilie outras pessoas a lidar com o problema!

Você também pode gostar

Artigos em destaque