15 Atitudes profissionais para garantir uma carreira de sucesso!

Atitudes profissionais: Equipe feliz

Para ter sucesso no mercado de trabalho, é importante que suas atitudes profissionais estejam alinhadas com o ambiente em que você quer atuar, sua profissão e claro, sua personalidade.

Ao planejar sua carreira e os caminhos que você quer trilhar, ter um networking de qualidade é essencial. E para isso, você precisa levar em conta a forma como se apresenta para outras pessoas.

Qual é a estratégia de comportamento adequada? Você pode ter um relacionamento mais positivo com seus colegas de trabalho, boas avaliações e encontrar sua comunidade profissional em função de atitudes semelhantes.

Essa busca, apesar de trabalhosa, é um processo importante na hora de se estabelecer como profissional. Seja em uma nova carreira ou em uma nova empresa, passar por um processo de análise de suas atitudes e refletir sobre o que funciona é uma forma de tornar o ambiente de trabalho mais agradável para todos, inclusive para você mesmo. 

Por isso, neste artigo listamos quinze atitudes profissionais que fazem toda a diferença no seu dia a dia do trabalho.

Além disso, você encontra ao longo deste artigo várias indicações de bibliografia de qualidade sobre o assunto!

Mudança de carreira à vista? Confira o Guia de planejamento de carreira com estratégias de desenvolvimento pessoal.

Como melhorar minhas atitudes profissionais? Confira 15 dicas valiosas!

  1. Seja colaborativo;
  2. Mantenha a rotina equilibrada;
  3. Inclua pessoas com vivências diferentes;
  4. Esteja disposto a aprender;
  5. Busque soluções;
  6. Mantenha o ambiente agradável;
  7. Seja versátil e aberto a possibilidades;
  8. Ensine outras pessoas;
  9. Pratique networking;
  10. Comunique-se bem;
  11. Cumpra suas promessas;
  12. Seja proativo;
  13. Mantenha a ética;
  14. Organize seu trabalho;
  15. Atualize-se sempre.

1. Seja colaborativo

O ambiente de trabalho ideal é aquele em que todo mundo se ajuda, certo? Parte de uma boa postura profissional é garantir que você esteja ajudando seus colegas.

Em trabalhos colaborativos, é importante que cada um faça sua parte e traga soluções para que os prazos sejam cumpridos. Quando todos seguem o combinado, fica mais fácil organizar a rotina.

2. Mantenha a rotina equilibrada

Outro ponto importante da rotina é que ela deve trazer equilíbrio. Mantenha a distância entre trabalho e lazer, para garantir momentos de descompressão e relaxamento.

Com isso, você mantém a energia para cumprir suas obrigações profissionais e traz um perfil menos estressante para o escritório.

Estabelecer horários saudáveis, fazer pausas e ter um convívio agradável no trabalho fazem com que você tenha um perfil mais leve — o que impacta o profissionalismo.

3. Inclua pessoas com vivências diferentes

Em muitos setores profissionais, a diversidade está bem aquém do esperado. Isso significa que algumas equipes acabam sendo bolhas de pessoas muito parecidas. Apesar de parecer complexo quebrar essas bolhas, vale a pena: ambientes de trabalho mais diversos abrem espaço para o diálogo e a troca de experiências.

Para promover essa troca, é importante dar espaço para que pessoas diferentes de você falem e sejam ouvidas. Então, uma atitude profissional muito valiosa é ter empatia e atenção com o próximo.

Confira Inclusifique, um livro que aborda a importância de trazer vozes diversas e vivências fora da bolha para as empresas, e o impacto que essa decisão traz para todos.

4. Esteja disposto a aprender

Nossos líderes, colaboradores e colegas têm muito a nos ensinar. Um bom profissional é aquele que aprende com a experiência e com os ensinamentos alheios.

Muitas vezes, o aprendizado surge em situações difíceis. Por isso, caso algo dê errado, não se desespere: aproveite a oportunidade para pedir ajuda e aprender com seus próprios erros.

Por que as empresas enfrentam dificuldades? Conheça o livro Os Erros das Startups e entenda a importância de aprender com a dificuldade.

A humildade e a ciência de que é impossível saber tudo são atitudes profissionais valiosas. Elas mostram que você está pronto(a) para reconhecer os erros e melhorar cada dia mais.

5. Busque soluções

Todos os ambientes de trabalho e carreiras têm seus desafios, mas é importante estar sempre em busca de soluções. Na hora de fazer reuniões ou propor novos projetos, mantenha o foco naquilo que você pode trazer para resolver o problema.

Essa habilidade pode ser útil em diferentes contextos profissionais.

Quando você estabelece um relacionamento com o cliente, o principal ponto é entender o que aquela pessoa ou empresa precisa resolver e como suas ferramentas podem auxiliar nesse processo. Então, treinar a capacidade de encontrar soluções criativas e eficientes faz toda a diferença.

Um bom líder promove um ambiente criativo. Leia Liderança e Cultura da Inovação para entender a cocriação de novas estratégias como forma de inovar nas empresas.

6. Mantenha o ambiente agradável

Não necessariamente teremos uma relação de amizade com colegas de trabalho. Mas a cordialidade e o respeito mútuo são atitudes fundamentais em todos os setores.

Esteja aberto(a) a trabalhar com transparência com todos de sua equipe, evite criar problemas e mantenha sempre o profissionalismo.

Isso é fundamental porque, em primeiro lugar, essas pessoas estarão ao seu lado diariamente, seja no modelo híbrido, remoto ou presencial. Quando os relacionamentos organizacionais são saudáveis, todos trabalham melhor e têm um ambiente mais produtivo.

Também vale lembrar que aquele colega que prejudica os outros, principalmente por questões pessoais, acaba mal visto e perde futuras oportunidades.

Trabalha em gestão de pessoas ou quer conhecer mais sobre a área? Confira esse Guia prático de rotinas trabalhistas e departamento pessoal.

7. Seja versátil e aberto a possibilidades

Hoje, o profissional ideal não é aquele que sabe profundamente sobre um único assunto. Apesar de qualificações serem importantes, os empregadores buscam por pessoas que tenham um equilíbrio entre hard skills e soft skills. E flexibilidade nos interesses.

O que são hard skills?

As hard skills são as habilidades técnicas, ou seja, proficiência nas ferramentas de trabalho, conhecimento de software, acadêmico e experiência no mercado.

E o que são as soft skills?

Já soft skills, habilidades inter e intrapessoais, são questões como autonomia, colaboração com colegas, senso de comprometimento e muitas outras que fazem toda a diferença no dia a dia.

A versatilidade é uma das mais importantes. Isso porque, na rotina do trabalho, muitas vezes você precisa pensar fora da caixa e encontrar formas eficientes de resolver problemas, usando referências de sua experiência e conhecimento.

Aquele profissional que só entende sobre um nicho pode não ter essa flexibilidade, enquanto uma pessoa com repertório amplo traz essa característica para os processos da organização.

Em Somos Todos Criativos, conhecemos a busca por versatilidade na vida e no mercado de trabalho.

8. Ensine outras pessoas

Aprender com suas experiências e diálogo é essencial, mas ensinar também faz parte de uma atitude profissional.

Quando uma pessoa em sua organização precisar de ajuda e você puder oferecer mentoria, use essa oportunidade. Além de promover uma troca de ideias que pode ajudar no momento, isso estabelece uma relação de confiança para futuros projetos.

Além disso, pessoas que estão iniciando suas carreiras ou são novas na empresa frequentemente precisam dessa mentoria. Ser a pessoa que oferece um tempo e uma ajuda mostra um perfil profissional solidário e empático, que são qualidades muito importantes.

Até porque, muitas vezes, você também precisa de ajuda e ter um espaço de trabalho colaborativo ajuda todos a terem uma performance melhor.

Aprenda a ser um bom mentor com Lidere como os grandes e incorpore as ideias de grandes líderes em sua equipe.

9. Pratique networking 

O networking também é uma atitude profissional importante. Mas fazê-lo da forma correta exige equilíbrio.

Estabelecer uma rede profissional que lhe ajude a encontrar novas oportunidades e negócios exige paciência. Para que funcione, você precisa se dedicar a criar laços profissionais e trocar experiências com outras pessoas de sua área.

Existem algumas formas de fazer isso: participar de eventos é uma delas. Caso sua empresa esteja promovendo um congresso, palestra ou workshop de seu interesse, não deixe de ir.

Se sua instituição de ensino traz atividades com profissionais de sua área, participe! Aproveite eventos, presenciais ou online, que permitam essa troca de contatos, que podem se tornar projetos futuros.

E mostrar interesse genuíno no trabalho de outras pessoas é o ponto-chave: saiba os limites do networking e entenda que só é benéfico se for benéfico para todos.

Além disso, o processo de se relacionar dentro de sua área de atuação traz novos aprendizados: ao frequentar esses eventos, você pode ampliar seu repertório e ganhar insights valiosos.

Como cultivar relacionamentos profissionais? As Superdicas de networking vão lhe guiar nessa trajetória

10. Comunique-se bem

A comunicação é uma parte muito importante da atuação profissional em qualquer setor. Isso porque saber se comunicar ajuda a transmitir não apenas suas demandas e soluções dentro das empresas, mas também a divulgar seu trabalho, encontrar pessoas com quem você tem afinidade e buscar oportunidades futuras.

Para exercitar uma comunicação profissional de qualidade é importante, assim como em qualquer outro hábito, repetir até que seja mais fácil. Tome um cuidado especial na hora de enviar e-mails e fazer ligações profissionais.

Reveja sempre o que você está dizendo para garantir que seja respeitoso e que mostre seu profissionalismo e sua postura. Também evite ser impaciente ou insistente com outras pessoas: um bom profissional entende que a comunicação não deve ser agressiva, e sim facilitar a troca de conhecimento entre as duas partes.

É claro que a comunicação ao vivo não deve ser esquecida. Dentro e fora do escritório, priorize um diálogo aberto, honesto e evite o mal entendido na sua fala.

Com essas pequenas mudanças e um cuidado especial na hora de se expressar, você terá maior clareza e mostrará a seus colegas e líderes que está ciente das necessidades, e que tem conhecimento daquilo que está dizendo.

Leia mais sobre os Segredos da comunicação no mundo corporativo e entenda como ela mostra seu perfil profissional

11. Cumpra suas promessas

Ninguém gosta de ter um projeto atrasado porque alguém não cumpriu com suas promessas. A não ser que situação que seja realmente urgente, evite se comprometer com atividades que você não pode cumprir e priorize bens as tarefas.

Isso porque, de forma geral, as pessoas envolvidas no projeto terão que fazer sua parte com mais velocidade para compensar o seu atraso. 

Conheça melhor os Processos logísticos e seus impactos nas grandes e pequenas empresas

A capacidade de gestão de tempo e organização são fundamentais para os empregadores, e mostram um perfil de profissional mais competente, já que ele tem noção dos próprios limites e honra seus compromissos. 

12. Seja proativo

A proatividade é outra soft skill que é muito valorizada pelos empregadores. Ser proativo significa já pensar com antecedência nas questões que serão levantadas e trazer a possibilidade de soluções.

O profissional proativo é aquele que está sempre a par dos processos e da gestão de projetos. Tem uma visão panorâmica sobre quaisquer problemas e leva em consideração a totalidade da atuação da empresa, de forma holística.

Desta forma, este profissional acaba tendo mais ideias e entende seus impactos em cada etapa, oferecendo soluções práticas e eficientes mesmo antes de serem levantadas.

O profissional proativo também é aquele que já traz ideias inovadoras desde o primeiro pitch. É aquela pessoa que, nas reuniões, oferece um conhecimento novo e se dispõe a incorporar novas ferramentas e estratégias dentro da equipe.

Por ter essa curiosidade aguçada e o compromisso com a inovação, a proatividade mostra um profissional qualificado e disposto a pensar no futuro de sua equipe.

O que está por vir? Um novo jeito de pensar o futuro questiona nossas ideias e repensa o que veremos acontecer.

13. Mantenha a ética

A ética deve ser um princípio norteador de qualquer atuação profissional. Ser um profissional ético significa prezar pela qualidade de seus serviços, pela verdade, pela justiça, pelo compromisso com sua empresa, seus clientes e seus colegas.

Uma pessoa ética entende o impacto de cada uma de suas decisões em outras pessoas e organizações. Por isso, oferece um trabalho que reflete sobre cada etapa e não toma decisões sem antes deliberar sobre suas opções. 

Ter ética profissional significa olhar para sua própria atuação com autocrítica necessária, e mudar sua trajetória caso você entenda que não está agindo de uma forma benéfica para a sociedade. 

Ética, Responsabilidade Social e Sustentabilidade nos Negócios, o que são essas características?

14. Organize seu trabalho

Assim como a proatividade, a organização faz toda diferença ao trabalhar com outras pessoas.

Se você toma cuidado de dar o nome correto a documentos, organizar pastas,  enviar arquivos para as pessoas relevantes, atualizar seus colegas do andamento de processos e relatar qualquer alteração, o ambiente de trabalho será muito mais organizado.

Com isso, as outras pessoas envolvidas também terão uma visão nítida do que devem fazer, e isso promove um ambiente mais produtivo para todos.

15. Atualize-se sempre

Uma das principais atitudes profissionais que você deve ter, não importa em que estágio da carreira, é estar sempre em busca de novos aprendizados.

Um bom profissional é aquele que se atualiza, participando de eventos como congressos e workshops, mas também fazendo cursos, trocando ideias com outros profissionais e incluindo leitura em sua rotina.

Para manter as atitudes profissionais e as relações de trabalho em dia, confira nossas dicas de como se tornar um profissional do futuro!

Você também pode gostar

Artigos em destaque