Saiba qual é o modelo de comunicação Jeff Bezos e como ele funciona!

Neste post, a gente te conta tudo sobre o modelo de comunicação criado por Jeff Bezos. Continue a leitura!
Jeff Bezos: imagem de mãos sobre notebook

Entre os anos de 2015 e 2020, a Amazon triplicou de tamanho: antes, valia cerca de cem bilhões de dólares; hoje, vale mais de trezentos. E a razão para esse crescimento acelerado não é outra que não as inovações de seu fundador, Jeff Bezos.

Se você se interessa por negócios, provavelmente já sabe que a Amazon é um exemplo a ser seguido. Mais que isso, não é raro que seus antigos funcionários tenham deixado as altas posições para abrir seus próprios negócios, colocando em prática o que aprenderam. Mas qual é o segredo?

Neste post, a gente te conta o principal deles: o modelo de comunicação criado por Jeff Bezos. Ele é o responsável por fazer com que, hoje, a Amazon não venda apenas de tudo um pouco, mas venda também possibilidades. Confira!

Quem é Jeff Bezos? 

Talvez o nome Jeff Bezos pareça estranho em um primeiro momento, mas com certeza você já ouviu falar da Amazon — uma gigante do comércio. Pois bem: Jeff Bezos é o seu fundador, e o dono de um patrimônio de mais de 120 bilhões de dólares.

A sua carreira começou na faculdade de Engenharia e nos prédios de Wall Street. Depois de alguns empregos bem-sucedidos e de ascender rapidamente na carreira de negócios, Jeff Bezos abandonou sua posição como vice-presidente para fundar uma livraria 100% online: a Amazon.

Embora o movimento pudesse parecer uma loucura, Bezos foi capaz de atrair alguns investidores iniciais. E, depois de criado, o negócio decolou — bem mais rápido do que o próprio Bezos esperava. Hoje em dia, estamos diante de um dos maiores e-commerces do mundo, e um modelo de inovação.

Banner livros digitais: clique para acessar!

Qual é o modelo de comunicação Jeff Bezos? 

Embora pareça simples, a verdade é que o crescimento da Amazon não foi um golpe de sorte. Todo o plano de negócio da empresa foi muito bem calculado por Jeff Bezos — uma verdadeira aula de empreendedorismo. E um dos seus elementos mais importantes era, justamente, o modelo de comunicação utilizado.

A comunicação clara e bem estruturada sempre foi o foco de Bezos, mesmo quando a Amazon estava apenas começando. Para ele, era fundamental saber como contar histórias, falar em público, sintetizar mensagens e traduzir informações para públicos e contextos diferentes. 

Ou seja: explorar ao máximo a capacidade de adequar a comunicação a quem vai recebê-la. Graças a essa forma de pensar, seu modelo de comunicação está estruturado em três etapas fundamentais:

  1. A escrita persuasiva, marcada pelas mensagens curtas e diretas;
  2. A capacidade de contar uma boa história, que leve os ouvintes a agir;
  3. A habilidade de transformar dados e estatísticas em informações fáceis de memorizar e compreender.

Qual a importância da comunicação para alavancar negócios?

A comunicação é parte fundamental de um negócio. Afinal, sem ela, não é possível construir um bom relacionamento entre diferentes setores, construir boas estratégias e aprimorar procedimentos de trabalho.

Abaixo, a gente te mostra quatro momentos em que ter uma boa comunicação interna faz toda a diferença. Confira:

1. Para melhorar o ambiente corporativo;
2. Para possibilitar o crescimento do negócio;
3. Para contornar uma crise; e
4. Para registrar processos. 

1. Para melhorar o ambiente corporativo

Em uma empresa em que a comunicação não funciona, não é incomum que todos os colaboradores sofram. Afinal, uma boa comunicação torna os processos mais simples, aproxima os funcionários e faz com que problemas sejam solucionados com maior facilidade.

O resultado disso é um ambiente corporativo com menos conflitos e no qual os diferentes times conseguem dialogar entre si. 

Assim, projetos podem ser construídos e colocados em prática, há clareza na atribuição e realização das tarefas, e é mais fácil saber como contornar momentos difíceis. Tudo isso enquanto o bem estar no trabalho aumenta.

2. Para possibilitar o crescimento do negócio

Cada vez mais, as empresas precisam apostar em equipes multidisciplinares e estratégias que fogem do óbvio. E, para que isso seja possível, uma boa comunicação é uma das ferramentas mais importantes. Sem ela, o trabalho em equipe e o alinhamento de ideias diferentes se torna impossível.

Mas não é só essa comunicação que importa: já faz algum tempo, o marketing de conteúdo vem crescendo exponencialmente, e ele se baseia em uma comunicação clara e assertiva com o consumidor final. Para que um negócio cresça, portanto, é muito importante que ele saiba como falar a língua do público para o qual vende.

Leia também: Você sabe o que é um plano de marketing? Entenda mais sobre o tema!

3. Para contornar uma crise

Todo negócio passa por crises: algumas menores, outras maiores. E atravessá-las com o mínimo de impacto possível nunca é uma tarefa simples. No entanto, uma boa comunicação interna é uma ferramenta indispensável nesses momentos.

Afinal, quando a comunicação de uma empresa funciona, é mais fácil enviar orientações e esclarecimentos para os colaboradores. Isso garante que todos estejam “na mesma página” e saibam como agir para mitigar efeitos negativos para o negócio como um todo.

Além disso, uma boa comunicação mantém a confiança e a segurança dos seus funcionários, mesmo em períodos conturbados. Nesse sentido, saber falar com as pessoas e ter certeza de que a mensagem é clara e alinhada com os valores do negócio pode fazer a diferença e evitar que a crise se torne ainda maior.

4. Para registrar processos

Quando falamos em comunicação, não tratamos apenas da comunicação oral. Uma boa capacidade escrita também pode fazer a diferença na hora de registrar processos, aumentando a quantidade de detalhes que auxiliam a tomada de decisão no futuro.

O próprio modelo de comunicação do Jeff Bezos priorizava a comunicação escrita, em vez da construção de apresentações de imagem, por exemplo. 

Isso porque a capacidade de contar uma boa história em poucas palavras e de maneira clara, e também de adaptá-la para diferentes times e níveis de senioridade, garante que todos os colaboradores exercitem não só a criatividade, mas também a empatia.

Ou seja: se você quer ver resultados expressivos no seu negócio, apostar no desenvolvimento de uma boa capacidade de escrita é um bom primeiro passo!

E aí, gostou de conhecer o modelo de comunicação do Jeff Bezos e entender um pouco mais sobre a sua importância? Para se aprofundar ainda mais, não deixe de conferir o livro O modelo Jeff Bezos de comunicação, de Carmine Gallo, professor da Harvard University Graduate School of Design.

Você também pode gostar

Artigos em destaque