Conheça 8 benefícios do quebra-cabeças para o aprendizado infantil

Saiba para que serve o quebra-cabeça na educação infantil e 8 benefícios desta brincadeira para o aprendizado. Confira!
Quebra-cabeça: mãos infantis segurando peças de quebra-cabeça

Uma das melhores formas de incentivar o aprendizado infantil é por meio de brincadeiras que também estimulem as crianças. Por isso, os quebra-cabeças são uma ferramenta indispensável na sala de aula. Além de divertidos, eles são responsáveis pelo desenvolvimento de uma série de habilidades e competências.

A melhor parte, porém, é que os quebra-cabeças não estão restritos às crianças pequenas. Mesmo depois de adultos, resolver esse tipo de desafio pode auxiliar o nosso desenvolvimento e prevenir doenças da mente. Quer saber mais? Então continue lendo este conteúdo!

O que significa o jogo quebra-cabeça?

O quebra-cabeça é um jogo de raciocínio lógico no qual os jogadores devem resolver um problema. 

Embora o seu formato mais conhecido seja aquele em que devemos reconstruir uma imagem a partir de pequenas pecinhas que se encaixam, muitas outras atividades podem ser consideradas uma adaptação do quebra-cabeça tradicional.

Um exemplo é o cubo mágico, que deve ser organizado de forma a colocar todas as cores iguais juntas e se desdobra em desafios cada vez mais complexos. Outro exemplo comum são os livros para encontrar erros ou personagens nas imagens, como o famoso Onde está o Wally? e O livro dos equívocos.

A história dos quebra-cabeças, porém, está muito mais associada ao ensino que à diversão. 

Estima-se que o primeiro quebra-cabeça tenha surgido no final do século XVIII: era um mapa de várias regiões, montado em uma folha de madeira, e então serrado na área das fronteiras. Esse objeto era usado para facilitar o ensino de Geografia.

Quais são os benefícios do quebra-cabeça?

Apesar de ser entendido como um jogo, a verdade é que o quebra-cabeça pode ser uma importante ferramenta para o aprendizado e o desenvolvimento de habilidades. Para te mostrar direitinho como ele funciona, separamos 8 benefícios dessa brincadeira para a nossa vida. Confira!

1. Estimula o pensamento lógico
2. Contribui com o desenvolvimento cognitivo e psicomotor
3. Reduz o estresse
4. Desenvolve a resolução de problemas
5. Melhora a memória
6. Aprimora a habilidade visual-espacial
7. Estimula o trabalho em grupo
8. Aumenta a autoestima

1. Estimula o pensamento lógico

O principal objetivo do quebra-cabeça é fazer com que seus jogadores exercitem o raciocínio lógico. Por isso, ele é pensado de modo a apresentar desafios complexos, que demandam que nossa mente analise padrões e crie soluções possíveis. Dessa maneira, estimulamos o pensamento lógico de uma forma natural.

2. Contribui com o desenvolvimento cognitivo e psicomotor

A montagem do quebra-cabeças também é uma atividade que envolve habilidades motoras e cognitivas. Além de todo o trabalho de planejar e entender quais peças formam uma figura, também é preciso cuidado na hora de manuseá-las e encaixá-las corretamente. 

Ou seja: é uma forma simples de desenvolvermos nossa capacidade de concentração, bem como nossa coordenação motora fina e percepção visual.

3. Reduz o estresse

Pode parecer frustrante não conseguir montar resolver um desafio de cara, mas a verdade é que o quebra-cabeça também é uma maneira de reduzir o estresse. Afinal, ao mantermos o foco em um único objetivo por mais tempo, nos distraímos de outras questões que causam preocupação. 

4. Desenvolve a resolução de problemas

O quebra-cabeça nada mais é que um grande desafio esperando para ser solucionado. Nesse sentido, é um estímulo à nossa habilidade de resolver problemas — simples ou complexos. 

Além de ser necessário organizar nossos pensamentos de forma ordenada (imaginar a figura, encontrar as peças, tentar encaixá-las), também aprendemos a lidar com sentimentos de frustração e a observar nossos erros com mais atenção. Isso faz com que o nosso pensamento crítico seja estimulado.

5. Melhora a memória

A prática regular de jogos de quebra-cabeça também fazem com que a nossa memória visual seja desenvolvida. Isso porque é preciso avaliar e lembrar de informações conforme o jogo avança, além de fazer conexões. No longo prazo, esse hábito nos torna mais capazes de lembrar de detalhes.

Leia também: Conheça 16 técnicas de memorização e potencialize seus estudos!

6. Aprimora a habilidade visual-espacial

Uma característica fundamental dos diversos tipos de quebra-cabeças é a habilidade para reconhecer formas e imagens. A necessidade de observar detalhes com atenção faz com que nossa habilidade visual-espacial seja desenvolvida, e, junto dela, nossa coordenação viso-motora e nossa percepção do espaço.

7. Estimula o trabalho em grupo

Um quebra-cabeça não precisa ser resolvido sozinho. Quando mais pessoas se juntam para solucionar o desafio proposto, portanto, ele também é uma maneira de estimular o trabalho em grupo — e, simultaneamente, a resolução de conflitos. 

Durante a brincadeira, cada participante contribui com os seus conhecimentos e o seu ponto de vista. É necessário, portanto, que os demais consigam ouvir opiniões, fazer relações lógicas, respeitar o espaço do outro e tomar decisões em conjunto. Dessa maneira, podem chegar ao resultado com mais facilidade.

8. Aumenta a autoestima

Por fim, o quebra-cabeça também é uma ferramenta importante para aumentar a autoestima e autoconfiança dos jogadores. Afinal, ao completá-lo, experimentamos uma sensação de realização poderosa. Essa sensação nos impulsiona a enfrentar desafios mais complexos e buscar mais conquistas.

Saiba mais: Conheça as metodologias inovativas e descubra como aplicá-las na educação

Banner Black November: clique para acessar!

Para que serve o quebra-cabeça na educação infantil?

Na educação infantil, o quebra-cabeça tem um papel fundamental: ele é  responsável por atrair as crianças para uma atividade enquanto, simultaneamente, possibilita que elas se desenvolvam de diferentes maneiras. Assim, torna-se uma ferramenta educacional lúdica. 

Abaixo, separamos 3 razões para usar o quebra-cabeça na educação infantil. Confira:

1. Para desenvolver as competências socioemocionais

As competências socioemocionais são fundamentais, não só durante o período educacional, mas ao longo de toda a vida da criança. E o quebra-cabeça auxilia no desenvolvimento do pensamento lógico, da resolução de conflitos, do trabalho em equipe e até da imaginação. 

2. Para estimular a criança a enfrentar desafios

Diante de um problema que ela ainda não sabe como resolver, a criança pode ter duas posturas: começar a investigar ou desistir imediatamente.

O quebra-cabeça, por ser uma atividade lúdica e atrativa, estimula o primeiro comportamento. Isso faz com que as crianças estejam mais preparadas para lidar com problemas, agora ou no futuro.

3. Para tornar a sala de aula mais divertida

Por fim, o quebra-cabeça é uma forma de romper com o modelo tradicional de educação. Ao tornar a sala mais divertida, ele estimula a participação dos alunos e faz com que o processo de aprendizagem seja associado a sentimentos positivos.

Agora que você já sabe como e por que usar o quebra-cabeça na educação infantil, aproveite para conhecer a Mundo Benvirá, o selo editorial de livros infantojuvenis da Saraiva! Lá, você encontra diferentes formas de estimular as crianças com desafios mentais e de raciocínio lógico, enquanto ainda cria o hábito da leitura nos pequenos!

Você também pode gostar

Artigos em destaque