Saiba como desenvolver sua autoconfiança com 8 dicas incríveis!

Aqui você verá o que é autoconfiança e porque ela é importante, além de entender como aperfeiçoá-la. Boa leitura.
autoconfiança: mulher jovem sorrindo

Além de diversos problemas que atrapalham nossa vida externamente, dificuldades para encontrar um bom emprego, acidentes e até mesmo uma pandemia, ainda precisamos lidar com adversidades internas. Diante destas diversas dificuldades que podem surgir, fortalecer a autoconfiança é fundamental para o sucesso.

Aqui você verá o que é autoconfiança e porque ela é importante, além de entender como aperfeiçoá-la. Boa leitura.

O que é autoconfiança?

A autoconfiança nada mais é do que acreditar que é capaz de realizar algo que foi proposto, ou seja, é aquilo que te permite crer em si mesmo. O nome já é bem explicativo, indicando uma confiança nas habilidades, ideias e qualidades que você tem.

Contar com autoconfiança é importante para realizar aquilo que se pretende na vida, seja em âmbito profissional ou pessoal. É só quando acreditamos no nosso potencial que conseguimos alcançar nossos objetivos, trata-se de ter coragem para agir e colocar nossas qualidades à prova.

Leia também: Saiba o que são habilidades socioemocionais e como abordar na educação!

Banner livros digitais: clique para acessar!

Quais as causas da falta de autoconfiança?

Infelizmente, nem sempre confiamos na nossa capacidade. Por diversos motivos, duvidamos em inúmeros momentos daquilo que podemos ser e fazer.

Como a autoconfiança é um traço da personalidade humana, ela se mostra mais em algumas pessoas do que em outras. Veja agora 5 causas que atrapalham para que você tenha problemas nesse sentido:

1. Autoestima baixa;
2. Medo de falhar;
3. Excesso de comparação;
4. Medo de rejeição; e
5. Problemas emocionais.

1. Autoestima baixa

Se temos dificuldade em reconhecer nosso valor, como poderemos acreditar em nós mesmos? Trazendo uma dúvida constante sobre si — e até mesmo sem conseguir gostar de quem é — a autoestima baixa está diretamente ligada à falta de autoconfiança.

2. Medo de falhar

Quanto mais medo de errar temos, menos nos propomos a fazer aquilo que queremos. Essa aversão à falha, que é algo natural da vida humana, acaba também afetando nossa autoconfiança, nos impedindo de agir para alcançar nossos objetivos.

3. Excesso de comparação

Nos comparar com os outros é normal, mas é preciso entender que o sucesso alheio não é a base para o seu. Ao exagerar nessa comparação com os outros, acabamos por ver apenas os nossos defeitos.

4. Medo de rejeição

Se você tem medo de não ser socialmente aceito, certamente isso irá impactar na sua autoconfiança, na forma em como você se vê. A possibilidade de sofrer rejeição faz com que duvidemos do nosso potencial, e acabamos anulando nossas qualidades.

5. Problemas emocionais

Infelizmente, os acontecimentos negativos marcam nossas vidas, influenciando em nosso emocional e na forma que nos vemos e agimos. Uma pessoa com traumas da infância, por exemplo, tende a ter uma enorme dificuldade de ser autoconfiante, de acreditar que pode e merece realizar suas metas.

Por isso é importante desenvolver a sua inteligência emocional e também buscar por terapias que te ajudem a tratar dos seus traumas, para que seja possível estabelecer relações mais  confortáveis e seguras. 

8 dicas para desenvolver a autoconfiança

Por mais que possuímos características naturais, sempre podemos desenvolvê-las. Com a autoconfiança também é assim, é possível agir para aprimorar essa importante qualidade.

Independente de qual seja seu objetivo, quanto mais autoconfiante for, maiores serão suas chances de alcançá-lo. Como a leitura é uma das maiores portas para o conhecimento, veja a seguir 8 dicas para desenvolver sua autoconfiança e algumas indicações de livros que podem ajudar em sua jornada:

1. Valorize quem você é
2. Esteja com pessoas que te impulsionam
3. Fortaleça sua comunicação
4. Enfrente seus medos e a zona de conforto
5. Saiba quais são os seus objetivos
6. Se baseie em suas qualidades, e não nos defeitos
7. Combata a procrastinação
8. Não se compare com os outros

1. Valorize quem você é

Com toda certeza, um dos maiores inimigos da autoconfiança é a autoestima baixa. Isso é lógico, afinal, como já vimos, essas duas características possuem uma relação inversa. Para que você possa acreditar em seu potencial, primeiro precisa gostar de quem é. Quanto mais se valoriza — tendo mais autoestima — mais poderá acreditar em suas ações.

Para melhorar nesse ponto, uma boa indicação é o livro #Manual do Amor-Próprio. Nele você entenderá melhor como funciona a autoestima e o porquê de se colocar em primeiro lugar.

2. Esteja com pessoas que te impulsionam

Por mais que estejamos falando de acreditar em si próprio, a opinião das pessoas a sua volta tem um grande poder. Portanto, se você construir um círculo negativo, suas inseguranças irão aflorar, prejudicando sua autoconfiança.

3. Fortaleça sua comunicação

Se a opinião dos outros é importante para sua autoconfiança, a comunicação se torna fundamental para fortalecê-la. Boas relações são construídas com base no diálogo, por isso saiba como expor suas ideias e abandonar a timidez.

Os Segredos da Boa Comunicação é uma obra de Reinaldo e Rachel Polido, feita para te ajudar a se expressar. O livro é um verdadeiro curso para ajudá-lo a desenvolver e a aprimorar suas apresentações, sejam presenciais ou on-line.

4. Enfrente seus medos e a zona de conforto

Quem confia em si se prepara para novos desafios, e consequentemente, para conquistar cada vez mais. Sendo assim, quando você se propõe a algo novo, além de ter uma nova motivação, ganha ao perceber que é capaz de fazer coisas que ainda não sabia que podia.

Leia também: Como lidar com a ansiedade?

5. Saiba quais são os seus objetivos

Ao saber o que quer, fica mais fácil de se planejar e conquistar. Se você conhece seus objetivos, sejam eles pessoais ou profissionais, de curto, médio ou longo prazo, você terá maiores chances de alcançá-los, aumentando sua autoconfiança.

Para isso, nossa sugestão é o livro Propósito de vida: Um Guia Prático Para Desenvolver o Seu. Este é um livro que embarca no autoconhecimento, te ajudando a descobrir quem é e o que quer.

6. Se baseie em suas qualidades, e não nos defeitos

Um grande problemas que temos é nos nivelar por baixo, ressaltando nossos defeitos e esquecendo das qualidades. O ideal é valorizarmos aquilo que temos de bom para aumentar nossa autoconfiança, mas sem negar nossas falhas, pois é só as conhecendo que podemos vencê-las.

7. Combata a procrastinação

Ao deixar de fazer suas tarefas, é comum ter um sentimento de incapacidade. Na verdade, não é que você não tenha as habilidades para fazer aquilo que precisa, e sim que a procrastinação está presente em seu cotidiano.

Para te ajudar a lidar com as cobranças da vida, que tal ler Ansiedade – Como Enfrentar o Mal do Século? O livro mostra a importância de lidar com um mundo que nos cobra muito ao mesmo tempo em que precisamos nos cuidar.

8. Não se compare com os outros

Você tem metas e objetivos próprios, por isso, seja sua própria régua! Não é justo se comparar com terceiros, afinal, eles possuem outras realidades, passando por diferentes condições financeiras, sonhos e habilidades.

Agora que você já sabe como desenvolver sua autoconfiança, que tal continuar investindo em seu crescimento pessoal e interpessoal? Confira nossa seleção de livros de desenvolvimento pessoal!

Você também pode gostar

Artigos em destaque