Especial Oscar 2023: conheça 8 filmes para estudantes de Direito

Se você é fã de cinema e acompanhou a premiação do Oscar 2023, confira nossa seleção de 8 filmes para estudantes de Direito!
oscar 2023: imagem de sala de cinema

A principal premiação da sétima arte certamente mobiliza os amantes das grandes produções do cinema. Mas, indo além, os filmes indicados ao Oscar 2023 (assim como outros clássicos das telonas) podem representar uma oportunidade de estudar e relaxar ao mesmo tempo.

Diversos longas focam em acontecimentos importantes do passado e da atualidade. Inclusive, temas que são cobrados em processos seletivos para vagas de emprego e, claro, em exames que vão de vestibulares à prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Por isso, há produções a que todo estudante de Direito deveria assistir, independentemente de sua escolha entre as carreiras jurídicas, como indicaremos mais adiante. Mas, antes, que tal entender quais são os filmes indicados ao Oscar 2023? Continue a leitura!

banner quinzena do consumidor: clique para acessar!

Quais filmes estão indicados ao Oscar 2023?

A premiação do Oscar conta com 23 categorias. Confira, a seguir, a lista dos indicados:

Melhor animação

  • A Fera do Mar
  • Gato de Botas 2: O Último Pedido
  • Marcel the Shell With Shoes On
  • Pinóquio por Guillermo del Toro
  • Red: Crescer é uma Fera

Melhor ator

  • Austin Butler (Elvis)
  • Bill Nighy (Living)
  • Brendan Fraser (A Baleia)
  • Colin Farrell (Os Banshees de Inisherin)
  • Paul Mescal (Aftersun) 

Melhor ator coadjuvante

  • Barry Keoghan (Os Banshees de Inisherin)
  • Brendan Gleeson (Os Banshees de Inisherin)
  • Brian Tyree Henry (Passagem)
  • Judd Hirsch (Os Fabelmans)
  • Ke Huy Quan (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor atriz

  • Ana de Armas (Blonde)
  • Andres Riseborough (To Leslie)
  • Cate Blanchett (Tár)
  • Michelle Williams (Os Fabelmans)
  • Michelle Yeoh (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor atriz coadjuvante

  • Angela Bassett (Pantera Negra: Wakanda Para Sempre)
  • Hong Chau (A Baleia)
  • Jamie Lee Curtis (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)
  • Kerry Condon (Os Banshees de Inisherin)
  • Stephanie Hsu (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor cabelo e maquiagem

  • A Baleia
  • Batman
  • Elvis
  • Nada de Novo no Front
  • Pantera Negra: Wakanda Para Sempre

Melhor canção original

  • Applause (Tell It Like a Woman)
  • Hold My Hand (Top Gun: Maverick)
  • Lift Me Up (Pantera Negra: Wakanda Para Sempre)
  • Naatu Naatu (RRR)
  • This is a Life (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor curta-metragem

  • An Irish Goodbye
  • Ivalu
  • Le Pupille
  • Night Ride
  • The Red Suitcase

Melhor curta-metragem de animação

  • An Ostrich Told Me the World is Fake, and I Think I Believe It
  • Ice Merchants
  • My Year of Dicks
  • O Menino, a Toupeira, a Raposa e o Cavalo
  • The Flying Sailor

Melhor design de produção

  • Avatar: O Caminho da Água
  • Babilônia
  • Elvis
  • Nada de Novo no Front
  • Os Fabelmans

Melhor direção

  • Daniel Kwan e Daniel Scheinert (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)
  • Martin McDonagh (Os Banshees de Inisherin)
  • Ruben Östlund (Triângulo da Tristeza)
  • Steven Spielberg (Os Fabelmans)
  • Todd Field (Tár)

Melhor documentário

  • A House Made of Splinters
  • All the Beauty and the Bloodshed
  • Navalny
  • Tudo o que Respira
  • Vulcões: A Tragédia de Katia e Maurice Krafft

Melhor documentário em curta-metragem

  • Como Cuidar de um Bebê Elefante
  • Haulout
  • How do You Measure a Year?
  • O Efeito Martha Mitchell
  • Stranger at the Gate

Melhor edição

  • Elvis
  • Os Banshees de Inisherin
  • Tár
  • Top Gun: Maverick
  • Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

Melhores efeitos visuais

  • Avatar: O Caminho da Água
  • Batman
  • Nada de Novo no Front
  • Pantera Negra: Wakanda Para Sempre
  • Top Gun: Maverick

Melhor figurino

  • Babilônia
  • Elvis
  • Pantera Negra: Wakanda Para Sempre
  • Sra. Harris Vai a Paris
  • Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

Melhor filme

  • Avatar: O Caminho da Água
  • Elvis
  • Entre Mulheres
  • Nada de Novo no Front
  • Os Banshees de Inisherin
  • Os Fabelmans
  • Tár
  • Top Gun: Maverick
  • Triângulo da Tristeza
  • Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

Melhor filme internacional

  • Argentina, 1985 (Argentina)
  • Close (Bélgica)
  • Eo (Polônia)
  • Nada de Novo no Front (Alemanha)
  • The Quiet Girl (Irlanda)

Melhor fotografia

  • Bardo: Falsa Crônica de Algumas Verdades
  • Elvis
  • Império da Luz
  • Nada de Novo no Front
  • Tár

Melhor roteiro adaptado

  • Entre Mulheres
  • Glass Onion: Um Mistério Knives Out
  • Living
  • Nada de Novo no Front
  • Top Gun: Maverick

Melhor roteiro original

  • Os Banshees de Inisherin
  • Os Fabelmans
  • Tár
  • Triângulo da Tristeza
  • Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

Melhor trilha sonora

  • Babilônia
  • Nada de Novo no Front
  • Os Banshees de Inisherin
  • Os Fabelmans
  • Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo – Amazon Prime Video

Melhor som

  • Avatar: O Caminho da Água
  • Batman
  • Elvis
  • Nada de Novo no Front
  • Top Gun: Maverick

Confira também: O que é antropologia jurídica e qual sua importância para o Direito!

8 filmes para estudantes de Direito

Agora que você já viu todas as produções que foram indicadas ao Oscar 2023, cerimônia que aconteceu no dia 12 de março e premiou os destaques das telonas, vamos às dicas que preparamos de produções que deveriam ser assistidas por todo estudante de Direito.

Anote aí:

  1. Argentina, 1985;
  2. Entre Mulheres;
  3. Erin Brockovich;
  4. Alexandria;
  5. 12 homens e uma sentença;
  6. Um sonho de liberdade;
  7. O advogado do diabo;
  8. Carandiru.

1. Argentina, 1985

Para começar, a dica é um filme que você já viu mais acima, na relação de indicados ao Oscar 2023. Trata-se de um longa-metragem que retrata o julgamento de militares que governaram a Argentina no ano de 1985. 

O evento acabou entrando para a história por ter acontecido no primeiro governo democrático depois do golpe por que passou o país latinoamericano.

Ao assisti-lo, os estudantes de Direito têm a oportunidade de entender com mais profundidade um episódio relevante da história argentina, país vizinho do Brasil, e também membro do Mercado Comum do Sul (Mercosul).

2. Entre Mulheres

Também indicado ao Oscar 2023, este filme é baseado no livro homônimo de Miriam Toews e inspirado em eventos reais ocorridos na colônia de Manitoba, na Bolívia.

Em 2010, as mulheres da comunidade isolada seguiam a religião da igreja Menonita. Neste contexto, acabaram descobrindo um segredo chocante sobre os homens da comunidade que controlavam suas vidas e fé. 

É revelado que eles usaram anestésicos para drogar e estuprar mulheres e meninas durante a noite por muitos anos, às vezes resultando em gravidez. A partir desta premissa chocante, o longa aborda temas como feminismo, abuso, violência contra a mulher e religião, que costumam ser trabalhados em provas focadas em atualidades.

Leia mulheres: confira 10 autoras incríveis para prestigiar!

3. Erin Brockovich

Esta produção cinematográfica rendeu o Oscar a Julia Roberts, sua protagonista, em 2001. O filme acompanha Erin, arquivista em um grande escritório de advocacia que se interessa pelo caso de uma empresa de eletricidade cujos dejetos estavam contaminando a água de uma pequena cidade. 

Ela passa anos reunindo provas para abrir uma ação judicial contra a companhia, ainda que nunca tenha se tornado advogada formalmente. Além de tudo, o drama ainda é baseado em uma história real.

4. Alexandria

O longa mostra a vida no Egito durante a dominação romana, com a ascensão do cristianismo e o seu choque com outras doutrinas religiosas. Diante disso, ajuda na compreensão da importância do estado laico para uma República.

5. Doze homens e uma sentença

O filme aborda o julgamento de um jovem acusado de ter matado o próprio pai. Entre os doze jurados que decidirão a sentença, onze têm certeza de sua culpa. Neste contexto, a produção demonstra a necessidade de valorizar a interpretação das leis

 Além disso, o longa-metragem mostra como a capacidade argumentativa  e o desenvolvimento de soft skills, como a inteligência emocional, representam habilidade-chave para um bom advogado.

6. Um sonho de liberdade

Aqui, vemos um banqueiro acusado pelo assassinato de sua esposa e condenado à prisão perpétua. Ele acaba criando laços com outro presidiário, que recebeu a mesma sentença.

O longa ajuda o estudante a entender melhor o sistema prisional e o seu funcionamento. Vale a pena ser visto ainda que o estudante não pretenda se especializar em Direito Penal.

7. O advogado do diabo

Nesta produção, um jovem advogado é convidado a trabalhar em um caso milionário, em que o cliente é acusado de matar a esposa, o enteado e uma empregada. No decorrer do processo, contudo, ele percebe que o sócio principal do escritório esconde um lado misterioso. 

O filme ajuda futuros advogados na compreensão de que todos têm direito a uma defesa técnica. Mas que, para tanto, é necessário que haja ética do lado desta defesa.

8. Carandiru

Este clássico do cinema nacional retrata os anos de atendimento voluntário realizado pelo doutor Dráuzio Varella na Casa de Detenção de São Paulo, conhecida como Carandiru. Nele, percebemos que há um “código penal” paralelo que organizava a vida dos detentos, que acabaram dizimados em massa após uma rebelião.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre o Oscar 2023, assim como das nossas dicas de filmes para estudantes de Direito. Continue acompanhando o nosso blog e aproveite para ler também o guia que produzimos sobre a Lei de Recuperação e Falência!

Você também pode gostar

Artigos em destaque