10 livros para melhorar a comunicação. Confira!

Se você deseja aprender a se comunicar melhor, confira nossa seleção de 10 dicas de livros para melhorar a comunicação!
livros para melhorar a comunicação: imagem de mulher sorrindo e segurando megafone

Você sabe se comunicar com clareza? Atualmente, a comunicação é uma das habilidades socioemocionais mais importantes a ser desenvolvida, tanto na vida estudantil quanto no mercado de trabalho. Afinal, ela pauta a nossa vida e a relação que estabelecemos com outras pessoas.

Seja na hora de construir um texto, expor uma opinião, fazer uma apresentação de negócios ou simplesmente bater um papo informal, saber como apresentar as ideias e ser claro se torna fundamental. Por isso, melhorar a comunicação deve ser um ponto de atenção recorrente.

Se você deseja aprender a se comunicar melhor, este conteúdo vai te ajudar! Além de explicarmos melhor como funciona a comunicação, quais seus elementos e tipos, também apresentamos 10 dicas de livros que vão te auxiliar nesse processo. Confira!

Quais são os 6 elementos da comunicação?

Ao contrário do que você pode imaginar, a comunicação não é feita apenas de duas partes — aquele que envia e aquele que recebe a mensagem. Na verdade, são seis os elementos que se articulam durante a comunicação, seja ela verbal ou não. Conheça um pouco mais sobre cada um deles abaixo!

1. Emissor ou locutor;
2. Receptor ou interlocutor;
3. Mensagem;
4. Referente ou contexto;
5. Canal ou veículo; e
6. Código. 

1. Emissor ou locutor

Vamos começar do começo: para que haja comunicação, é preciso que alguém (um sujeito) se comunique, certo? Este é o papel do emissor ou locutor, ou seja, a pessoa (ou coisa!) que elabora a mensagem.

2. Receptor ou interlocutor

Para que a comunicação aconteça, porém, o emissor precisa de um ou mais pares. Os indivíduos que captam a mensagem ou a quem ela se endereça são chamados de receptores ou interlocutores.

3. Mensagem

A mensagem é a coisa que se comunica. Ela pode assumir diferentes formatos, transformando-se em um texto verbal ou não verbal. O que importa, no fim das contas, é que possa ser emitida com clareza pelo locutor, e compreendida pelo receptor. 

4. Referente ou contexto

O chamado referente ou contexto são os elementos que inserem a mensagem em um espaço e tempo adequados para que ela seja compreendida pelo receptor, e que justifiquem a sua emissão pelo locutor. Afinal, sem contexto nenhuma mensagem pode ser compreendida.

5. Canal ou veículo

O canal é o meio através do qual a mensagem é enviada ou difundida. Uma mensagem textual, por exemplo, pode ser enviada por carta, em um outdoor, em um bilhete, em uma mensagem textual no WhatsApp, etc. Da mesma forma, uma mensagem verbal pode ser dita em uma conversa, transmitida em um rádio etc.

6. Código

Por fim, o código é o modo como a mensagem é organizada. Para que seja completamente compreendida, é importante, por exemplo, que emissor e receptor falem a mesma língua, ou que tenham os mesmos conhecimentos acerca de gírias, expressões idiomáticas ou regionalismos. 

lançamento da benvirá: clique aqui e confira!

Quais são os 4 tipos de comunicação?

Além de ser composta por uma série de elementos, a comunicação também pode acontecer de formas distintas. Cada uma delas tem um objetivo e, portanto, deve ser usada em um contexto específico. A seguir, você confere mais detalhes sobre esses tipos de comunicação:

1. Comunicação verbal;
2. Comunicação não-verbal;
3. Comunicação escrita; e
4. Comunicação visual.

1. Comunicação verbal

É a comunicação considerada mais comum, pois se refere à comunicação falada, que pauta a maioria das relações cotidianas. Além das palavras, esse tipo de informação também inclui detalhes como tom e intensidade da fala, bem como o vocabulário escolhido.

Uma boa comunicação verbal faz toda a diferença em contextos como apresentações, ou mesmo em conversas informais que podem se tornar oportunidades futuras.

2. Comunicação não-verbal

Assim como a maneira como falamos certas palavras influencia a recepção da mensagem, o modo como nos comportamos também importa. A comunicação não-verbal engloba questões como postura, linguagem corporal e reações que podemos ter durante uma comunicação.

Ela é tão importante quanto a comunicação verbal, pois ajuda a construir uma imagem para o receptor. Por exemplo, se você costuma falar rápido e sem se movimentar, pode passar a ideia de estar nervoso e desconfortável.

O modo como nos portamos afeta o que estamos dizendo. E o fato de a comunicação não-verbal acontecer, em muitos casos, de maneira automática faz com que seja ainda mais importante compreendê-la e aprimorá-la quando possível.

3. Comunicação escrita

A comunicação escrita também é muito comum, especialmente quando falamos do ambiente digital

Ela está presente em conteúdos, como este, mas também em anúncios, posts, outdoors, relatórios, apresentações, mensagens de texto, provas discursivas e muito mais. É, afinal, sobretudo através da linguagem escrita que nós nos comunicamos, hoje.

Nesse sentido, ela é usada em diferentes momentos e contextos da nossa vida. Por isso, é fundamental saber como adaptá-la e como adequá-la ao momento em que a usamos. Ao escrevermos uma prova, por exemplo, não devemos usar o mesmo tipo de linguagem que usamos em mensagens com os nossos amigos.

4. Comunicação visual

Por fim, a comunicação visual é composta por elementos não-orais. Imagens, formas, ilustrações etc. compõem esse tipo de comunicação, que vem ganhando cada vez mais valor nos últimos anos, principalmente nas redes sociais.

Para saber como dominar esse tipo de comunicação, é importante entender o contexto em que ela acontece e também quais ferramentas tornam a leitura das informações mais simples. Em relatórios, por exemplo, gráficos costumam ser bons aliados; já nas redes, as ilustrações ganham mais espaço.

O importante é priorizar, como sempre, a clareza das ideias e o espaço em que a comunicação vai acontecer.

Confira: Apresentando o Bookgram, a união entre Instagram e livros

Como a leitura ajuda na comunicação?

Você provavelmente já sabe que o hábito da leitura proporciona uma série de benefícios para a vida dos indivíduos, em diferentes áreas. Mas você sabia que a comunicação é uma delas?

Isso acontece por diversos motivos. O principal deles, porém, é que a leitura é uma grande fonte de vocabulário, o que contribui para uma comunicação mais clara e menos repetitiva. 

Gírias e estrangeirismos, por exemplo, podem ser bem aceitos em contextos informais, mas se tornam desnecessários e atrapalham a comunicação na maior parte das vezes.

Além disso, a leitura é reconhecida por ampliar os horizontes do leitor, aumentando a sua criatividade e capacidade de compreender o mundo em que está. Isso faz com que seja muito mais fácil se comunicar de maneiras inventivas e que, de fato, façam sentido para o seu interlocutor.

Por fim, a leitura apresenta ainda outros benefícios que podem, em maior ou menor medida, influenciar positivamente no desenvolvimento da habilidade de comunicação. São exemplos:

  • Melhora da concentração;
  • Melhora da memória;
  • Melhora da escrita;
  • Desenvolvimento da inteligência emocional.

Saiba mais: Qual é a verdadeira importância da leitura?

Conheça 10 livros para melhorar a comunicação!

Agora que você já sabe que a leitura apresenta uma série de benefícios para quem quer desenvolver a comunicação, chegou a hora de conhecer alguns livros focados nesse assunto. Afinal, melhor do que aprimorar essa habilidade com um livro, só se for com um livro específico sobre o assunto!

1. Oratória para advogados e estudantes de Direito, de Reinaldo Polito
2. TED: Falar, Convencer, Emocionar, de Carmine Gallo
3. Como Falar Corretamente e Sem Inibições, de Reinaldo Polito
4. Português descomplicado, de Carlos Pimentel
5. Comunicação cinco estrelas, de Carmine Gallo
6. Os segredos da boa comunicação, de Reinaldo Polito e Rachel Polito
7. Supere o NÃO, de William Ury
8. Superdicas Para Falar Bem em Conversas e Apresentações, de Reinaldo Polito
9. Como falar de improviso, de Ricardo Polito
10. Lidere como os grandes, de Marcelo Ortega

1. Oratória para advogados e estudantes de Direito, de Reinaldo Polito

Para quem deseja cursar ou já é graduando no curso de Direito, esta é uma obra fundamental para o desenvolvimento da comunicação

O livro é composto por aulas ministradas pelo professor Reinaldo Polito e que têm como foco o preparo para falar de maneira correta e eficiente em audiências, sustentações orais diante de tribunais, teses de defesa ou acusação, relacionamento com clientes, reuniões, palestras e conferências.

Além disso, são apresentadas técnicas para que você se transforme em um profissional naturalmente comunicativo e seguro, pronto para fazer apresentações de sucesso. Você aprende, portanto, a conquistar a confiança dos ouvintes, lidar com o medo de falar em público, usar recursos audiovisuais e muito mais!

Esta é uma obra de referência para advogados que sabem que o pleno desenvolvimento da oratória é essencial para o sucesso da profissão.

2. TED: Falar, Convencer, Emocionar, de Carmine Gallo

Carmine Gallo é um dos maiores especialistas acerca da fala em público, além de autor best-seller no Brasil. Neste livro, ele destrincha o método que faz das grandes apresentações do TED um sucesso mundial, que ultrapassam os milhões de acessos.

O TED é um projeto internacional que convida profissionais de sucesso a falar sobre assuntos de suas áreas. Em TED: Falar, convencer, emocionar, Gallo explica como é possível criar apresentações memoráveis, conquistar a platéia, fixar uma marca, desenvolver ideias e concluí-las com sucesso. 

3. Como Falar Corretamente e Sem Inibições, de Reinaldo Polito

Esta é uma das principais obras sobre como desenvolver a sua comunicação do Brasil. 

Nela, Reinaldo Polito constrói os principais argumentos para quem deseja aprender a falar em público com segurança, apresentando suas principais experiências ensinando executivos e profissionais de alto nível a se apresentarem com desembaraço e sem inibições. 

Cada capítulo é uma verdadeira aula, como se o autor estivesse ao seu lado ensinando passo a passo todas as técnicas que farão de você um comunicador excepcional.

4. Português descomplicado, de Carlos Pimentel

Para se comunicar bem, é importante conhecer em detalhes a sua língua. Neste livro, você encontra um guia prático que conta com dicas de portugues indispensáveis para o dia a dia. Além disso, ele explica, de forma didática, os principais pontos gramaticais, com exemplos retirados do cotidiano.

Como o próprio título diz, esta obra foi elaborada para descomplicar a língua portuguesa, visando facilitar a compreensão dos leitores em relação à gramática, ortografia, pontuação e acentuação gráfica, além do correto uso do hífen.

Inclusive a obra conta com um capítulo exclusivo destinado ao uso da crase, formação de palavras, colocação pronominal etc., abordando regras do português e suas exceções comumente tidas como difíceis e complexas.

5. Comunicação cinco estrelas, de Carmine Gallo

À medida que a natureza do trabalho muda com o avanço da tecnologia da informação, as habilidades de comunicação se tornam mais valiosas, não menos. 

Há um excesso de informação competindo por nossa atenção e, mais do que nunca, boas ideias, produtos e soluções não bastam; para se destacar, é preciso se comunicar com excelência – seja qual for a área de atuação.

Com exemplos históricos e contemporâneos de comunicadores excepcionais, este livro ensina o leitor a se expressar com clareza, carisma e convicção, em diversos contextos. 

O autor entrevista neurocientistas, economistas, historiadores, bilionários e líderes de empresas como Google, Nike e Airbnb para mostrar como usar as palavras para cativar a imaginação, persuadir as pessoas e alcançar o sucesso no mundo moderno. 

6. Os segredos da boa comunicação, de Reinaldo Polito e Rachel Polito

Nesta obra, Reinaldo e Rachel Polito se propõem a resolver as questões mais relevantes da comunicação. 

Trata-se de um verdadeiro curso para ajudá-lo a desenvolver e a aprimorar suas apresentações em todas as circunstâncias, sejam elas presenciais ou online, que se tornaram extremamente necessárias a todos os profissionais. 

Aqui, você aprenderá as características do orador, a usar técnicas apropriadas de comunicação, a falar de forma improvisada e a se valer dos contextos para adaptar a sua forma de se expressar. Além disso, conhecerá os segredos para se aproximar do público, interagir e conquistar seus ouvintes e afastar a hostilidade das plateias.

Conheça as técnicas do Elevator Pitch para apresentações, conte histórias envolventes com o storytelling e aprenda a ser claro e objetivo. Esta é uma leitura obrigatória para quem quer se tornar um bom comunicador.

7. Supere o NÃO, de William Ury

Como negociar de maneira bem-sucedida com um chefe teimoso, um cliente irritado ou um colega difícil, que insistem em dizer não? Como conquistar a cooperação das pessoas nas mais diferentes situações de conflito? 

Em Supere o não, William Ury, um dos maiores especialistas em negociação do mundo, oferece uma estratégia eficaz de cinco passos para contornar a resistência da outra parte e finalmente chegar a um acordo. 

Você aprenderá uma série de técnicas que tornarão a sua comunicação muito mais clara e assertiva, facilitando as negociações.

8. Superdicas Para Falar Bem em Conversas e Apresentações, de Reinaldo Polito

Falar bem e se comunicar com clareza e confiança é uma das habilidades mais valorizadas no mundo profissional hoje em dia. E não há ninguém mais indicado que Reinaldo Polito para ensinar as técnicas mais importantes nessa área.

Seja numa reunião de negócios, numa palestra, na sala de aula e até mesmo nas conversas no dia a dia, você aprenderá a falar de improviso, ler em público, argumentar, convencer, usar o humor, contar histórias e ser envolvente. Ou seja, tudo que é essencial para que você alcance o sucesso em sua comunicação.

9. Como falar de improviso, de Ricardo Polito

O que você faria se precisasse falar de improviso diante de uma plateia e não soubesse bem como agir e organizar suas ideias? Como se preparar para falar sobre um assunto com apenas algumas informações sobre seu conteúdo e, ainda assim, garantir um bom desempenho diante do público?

A obra “Como falar de improviso” responde a todas essas questões e mostra o caminho para que você se sinta confiante sempre que precisar falar em público

Escrita por Reinaldo Polito, o maior especialista brasileiro em expressão verbal, a obra dá dicas de como ler ou interpretar um discurso, falar de improviso inesperadamente ou usar um roteiro como apoio, de modo que esses recursos deixem de ser um problema em suas apresentações.

10. Lidere como os grandes, de Marcelo Ortega

Os maiores especialistas em liderança, vendas e motivação do Brasil se uniram a uma plataforma de conhecimento para compartilhar de forma inédita sua sabedoria com o público por meio da internet: a Netspeakers.

Lidere como os grandes reúne 25 dessas personalidades do mundo corporativo em uma obra que apresenta técnicas para se tornar um líder inspirador e criar equipes vencedoras. 

O leitor aprenderá como ser um líder com propósito, como despertar o potencial dos seus liderados, como ser o líder certo no lugar e no momento certos e por que a liderança humanizada é o diferencial das empresas do futuro.

E aí, gostou de aprender mais sobre como desenvolver a sua comunicação? Então aproveite para continuar se aprimorando e confira o nosso guia completo sobre copywriting e 10 dicas para um copy de sucesso!

Você também pode gostar

Artigos em destaque