Veja quais são os tipos de liderança e saiba como desenvolver bons líderes!

Preparamos este artigo para você conhecer quais são os tipos de liderança e como deve se comportar o líder de um negócio de sucesso. Confira!
tipos de liderança: imagem de mulher em frente a time de colaboradores

O sucesso de qualquer negócio é definido pela capacidade de suas lideranças dirigirem a equipe para alcançar o melhor resultado possível. Neste sentido, conhecer os tipos de liderança é essencial para um bom desenvolvimento profissional

Para se destacarem no mercado de trabalho, tanto jovens profissionais quanto aqueles com mais experiência procuram desenvolver competências características de bons gestores.

Pensando nisso, preparamos este artigo para você conhecer quais são os tipos de liderança e como deve se comportar o líder de um negócio de sucesso.

Venha com a gente descobrir:

  • O que é ser um líder?
  • O que é desenvolver uma liderança inovadora?
  • Quais os 4 tipos de liderança inovadora?
  • Qual é o melhor tipo de liderança?

O que é ser um líder?

No livro Planejamento e Liderança (físico), as autoras Nadia dos Santos e Sanmya Feitosa Tarja conceituam liderança como “a capacidade de influenciar um grupo para o alcance de objetivos”. As autoras completam que:

“O líder é a pessoa que relaciona os objetivos da empresa e os métodos e meios de atingi-los. É a pessoa que combina as habilidades técnicas e comportamentais, e que possui competências para mobilizar os recursos humanos, financeiros, o tempo e o que houver disponível para o melhor desempenho da empresa. 

O líder deve possuir alta capacidade de adaptação, comunicação assertiva, decisão e firmeza em momentos de transição para guiar corretamente seus subordinados na melhor direção.” (destaques nossos)

É certo que a habilidade de um líder é o que irá direcionar um empreendimento para o sucesso ou para o fracasso. A gestão da equipe é de responsabilidade da liderança. Inclusive, a identificação e formação de novas pessoas com capacidade de liderança dentro da equipe é tarefa das pessoas incubidas com o cargo de gestão.

No livro Liderança Inovadora: Como se destacar em ambientes de mudanças, o professor João Brillo, professor de disciplinas de Liderança e Gestão empresarial do Ibmec, ensina que:

“Mais do que falar sobre a necessidade de se inovar ou se renovar, líderes devem ‘falar’ e ‘caminhar’ inovando, dando exemplo nas próprias ações do dia a dia de trabalho. Ao agirem desta maneira, podem romper o paradigma da hierarquia na transmissão do conhecimento e desenvolver um ambiente de cocriação de soluções diferentes e melhores, criando valor para os clientes e parceiros externos.” 

O líder deve inspirar a sua equipe e dirigir por meio da pedagogia do exemplo. Se não vive de acordo com os valores e competências que ele exige de sua equipe, ele não será respeitado e pode acabar conduzindo seu empreendimento ao fracasso.

Leia também: Entenda o que é metodologia ágil

lançamento da benvirá: clique aqui e confira!

O que é desenvolver uma liderança inovadora?

O autor João Brillo também destaca o que é desenvolver uma liderança inovadora. Antes de conhecer os tipos de liderança, confira os ensinamentos do professor:

“Desenvolver liderança inovadora implica:

  • Atrair e desenvolver pessoas que compartilham seu sonho e paixão de realizar algo novo, sua visão de futuro e estão preparadas e dispostas a apoiar suas iniciativas.
  • Expressar a visão e o sentido da missão claramente, estimulando o orgulho, ganhando respeito e confiança da equipe.
  • Comunicar suas altas expectativas, utilizar símbolos para focar os esforços, expressar propósitos importantes de maneira simples.
  • Estimular a inteligência emocional e intelectual da equipe, a troca de conhecimento e o cuidado na solução dos problemas.
  • Dar atenção personalizada, aconselhar e orientar os membros da equipe.
  • Ser acessível, pedir feedback e não ter medo de trazer à tona as emoções para serem discutidas.
  • Conhecer os próprios pontos fortes e fracos e saber pedir ajuda aos outros para superar os pontos fracos.”

Uma liderança inovadora é essencial para a condução de um empreendimento na sociedade moderna, a partir de uma gestão estratégica. Um bom líder precisa sempre se adaptar a mudanças e conduzir sabiamente a sua equipe, utilizando as suas habilidades socioemocionais.

Quais os 4 tipos de liderança inovadora?

Segundo o professor João Brillo, no livro Liderança Inovadora: Como se destacar em ambientes de mudanças, há quatro diferentes estilos de liderança que têm relação com a liderança inovadora:

  1. Liderança empreendedora;
  2. Liderança transformacional;
  3. Liderança carismática;
  4. Liderança participativa.

O autor explica que não há um tipo de liderança melhor do que o outro. Para o desenvolvimento de uma empresa inovadora, é necessário combinar os quatro tipos de lideranças em setores estratégicos do empreendimento.

Abaixo, veremos o que o autor diz sobre cada um dos quatro tipos de liderança inovadora:

1. Liderança empreendedora

“Uma das características da liderança empreendedora é o desejo de começar algo novo, algo em que acreditam com paixão, pois têm uma grande motivação, uma motivação poderosa e uma grande necessidade de realização. 

Com seus sonhos, atraem outros que compartilham esse sonho e sua visão de futuro. Essa atitude torna a liderança carismática. Líderes empreendedores procuram pessoas que se encaixam em seus sonhos e estão dispostos a participar e apoiar suas iniciativas. 

Normalmente, são fundadores do negócio e criam a cultura organizacional com base em seus valores e sua orientação

Costumam ser inspiradores, exigentes, ativos, estratégicos e com forte impulso para realizar transformações na empresa. São capazes de desenvolver inovações radicais que podem ameaçar as empresas concorrentes. Líderes empreendedores costumam ficar tensos quando a organização é bem-sucedida e começa a crescer. 

Em uma organização crescente, há necessidade de adaptação e coordenação que precisa de outro estilo de liderança, entre os descritos a seguir.” (destaques nossos)

2. Liderança transformacional

“Ter uma compreensão profunda dos valores fundamentais da sociedade e das necessidades sociais e emocionais das pessoas no entorno da organização, é uma marca forte da liderança transformacional, pois costuma ser consciente do seu ambiente e socialmente consciente. 

Líderes transformacionais são pessoas curiosas, exploratórias e têm interesses amplos. Têm uma atitude de aprendizado e conhecem seus pontos fortes e pontos fracos. 

São capazes de ver conexões entre as diferentes dinâmicas na organização, entender eventuais rupturas nos padrões de trabalho e analisar seus sintomas no sentido de identificar oportunidades de transformações fundamentais na empresa. 

Na maioria das vezes estão conscientes dos valores e padrões do sistema social existente e reconhecem quando essas regras devem ser modificadas. Costumam ser bons ouvintes e têm a capacidade de confiar nos outros e construir relações de confiança efetivas. 

São pessoas inspiradoras, hábeis no gerenciamento de conflitos e realizam as transformações na cultura da empresa.” (destaques nossos)

3. Liderança carismática

“Uma das principais habilidades da liderança carismática costuma ser a atenção especial dada em situações específicas que surgem no ambiente de negócio. Em situações de crise, este estilo de liderança costuma ter como mote a agilidade para identificar a situação e enfrentá-la. 

São pessoas explícitas sobre o que acreditam que seja importante, sobre o que valorizam e sobre o que definitivamente não querem. Líderes inovadores costumam compartilhar interpretações e convidar os funcionários para compartilhar sua visão de futuro. 

Desse modo, o estilo de liderança carismática abre espaço para o diálogo e dá sentido à visão de futuro, e por meio destas interações com os funcionários, formam a cultura de inovação junto com eles. 

Além disso, costumam ser bons contadores de histórias e, por meio deste recurso, inspiram os funcionários a embarcarem na jornada ao futuro desejado.” (destaques nossos)

4. Liderança participativa

“Completando os quatro estilos de liderança inovadora, a liderança participativa costuma saber bem o que é importante dentro e fora da organização. Faz parte deste estilo de liderança ter consciência do ambiente de negócio da organização, ter autoconsciência e consciência social. 

Também têm sensibilidade em relação ao que está acontecendo no ambiente de negócio e são hábeis em enxergar novas oportunidades. Costumam saber o que está acontecendo na organização e deixam que os funcionários se controlem por eles mesmos. 

Isso permite à liderança se conectar às emoções e ambições dos funcionários, direcionando a energia das pessoas para o futuro. Costumam conhecer a si próprio e conhecem bem seus motivos. 

São acessíveis e podem ser abordados, perguntam aos outros o que pensam, dão feedbacks e não têm medo de trazer à tona as emoções para serem discutidas. 

Conhecer os próprios pontos fortes e fracos e saber pedir ajuda aos outros para superar os pontos fracos, costuma ser um diferencial da liderança participativa.” (destaques nossos)

Tipos de liderança: qual é o melhor?

De acordo com os autores João Brillo e Jaap Boonstra, no livro Liderança e Cultura Organizacional Para Inovação,

“Os modelos de liderança estão evoluindo para acompanhar as constantes e velozes transformações políticas, sociais, econômicas e tecnológicas do mundo atual. Essa evolução parece caminhar no sentido de criar ou recriar novas culturas organizacionais favoráveis à inovação e/ou renovação sustentáveis. 

[…] Hoje em dia, criar ou recriar uma cultura de inovação ou renovação tem sido um dos principais objetivos estratégicos das empresas para assegurar o crescimento e os bons resultados sustentáveis dos negócios. 

Essas estratégias e processos têm mais chance de ser bem-sucedidos à medida que se amplia o aprofundamento de ideias e práticas de inovação na empresa com o envolvimento das partes interessadas, por meio da combinação das qualidades da liderança carismática, participativa e transformacional.”

O modelo de liderança autoritário e concentrador de poder já está ultrapassado. Na sociedade contemporânea, foi possível perceber que a concentração de tarefas nas mãos de poucas pessoas e uma gestão pautada na desconfiança e competitividade entre os membros da equipe não contribuem para a melhoria da qualidade do trabalho.

O melhor tipo de liderança é aquela que combina as qualidades das lideranças empreendedora, transformacional, carismática e participativa.

É preciso pautar-se na preocupação com a saúde mental no trabalho e com o comprometimento de cada membro da equipe com o projeto da empresa. Inclusive, um bom líder é fundamental para a formação do profissional do futuro.

Esperamos que este artigo sobre tipos de liderança tenha sido útil para você! Confira também o conteúdo que produzimos sobre aprendizagem socioemocional.

Você também pode gostar

Artigos em destaque