Conheça o Dia do Adolescente e entenda a importância da leitura entre os jovens

Saiba mais sobre o Dia do Adolescente, principais benefícios da leitura para jovens e 5 dicas fundamentais para incentivar o hábito de ler!
Dia do Adolescente: jovem escolhendo livro em prateleira

Nosso país conta com diversas datas para celebrar inúmeros temas, como profissões, eventos históricos e alguns grupos. Uma delas, que talvez não seja tão conhecida assim, é o Dia do Adolescente.

O Dia do Adolescente surge para valorizar nossos jovens, que estão em uma importante fase de transformações e representam o futuro do nosso país. Neste texto falaremos da data e da importância da leitura para esse público, afinal, os livros são uma rica e inigualável forma de aprendizagem. Confira!

Quando se comemora o Dia do Adolescente?

O Dia do Adolescente se celebra no dia 21 de setembro, desde 1996. A data veio através de um projeto de lei do então deputado federal Horácio de Matos Neto, da Bahia.

A adolescência é uma fase muito significativa na vida de todos, pois representa a transição da infância para a vida adulta. Existem algumas divergências quanto à faixa etária que essa etapa compreende, como por exemplo:

  • entre os 12 e os 18 anos, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); e
  • entre os 10 e os 19 anos, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Esta é uma fase determinante para toda pessoa, visto que é na adolescência que passamos pelas maiores transformações. Tanto com mudanças físicas quanto na personalidade, e na compreensão do mundo, é neste momento que se deve amadurecer e se preparar para a vida adulta.

Portanto, o Dia do Adolescente ajuda a mostrar a importância dos nossos jovens e do momento que eles estão, sendo essa uma época fundamental para que eles aproveitem ao mesmo tempo em que se desenvolvem. Para fortalecer esse crescimento, nada melhor do que apostar na leitura.

Banner livro Jeito Disney de encantar os clientes: clique para acessar!

A leitura entre adolescentes

A leitura é fundamental para os adolescentes, e é exatamente uma forma de investir em sua formação de forma prazerosa. A 5ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil traz números interessantes sobre o tema que, infelizmente, demonstram a redução de leitores.

Divididos em faixas etárias, percebemos que o número de leitores adolescentes caiu no Brasil de 2015 para de 2019. A diferença foi a seguinte:

  • entre 11 e 13 anos, 84% dos adolescentes eram leitores em 2015, enquanto em 2019 esse número foi para 81%; e
  • entre 14 e 17 anos, a diferença foi maior, caindo de 75 para 67% de leitores adolescentes.

Vale dizer que a faixa etária de 11 a 13 anos é a que possui mais leitores no país, diminuindo cada vez mais à medida que vai ficando mais velha. Assim, é fundamental manter os adolescentes próximos dos livros, para que eles mantenham esse hábito durante toda a vida.

Leia também: 21 Livros de ficção para conhecer outras realidades

Qual a importância da leitura na adolescência?

A leitura é importante em todos os momentos da vida, mas, nos anos de desenvolvimento, ela é fundamental. O livro é um instrumento para a educação e a formação pessoal, podendo ser um belo presente no Dia do Adolescente.

A leitura tem diversos benefícios na adolescência, veja os principais:

1. Desenvolve o vocabulário
2. Aperfeiçoa escrita
3. Fortalece a criatividade e a imaginação
4. Melhora a atenção e o foco
5. Estimula o pensamento crítico
6. Trabalha a empatia

1. Desenvolve o vocabulário

A leitura apresenta palavras e expressões novas, já inserida em um contexto que facilita a sua assimilação. Sendo assim, quanto mais se lê, mais rico se torna o vocabulário do adolescente. Há, inclusive, diversos livros para melhorar a comunicação em diferentes contextos.

2. Aperfeiçoa escrita

A leitura — além da comunicação oral — melhora a escrita do jovem, tanto no vocabulário, quanto na aprendizagem de novas técnicas. Pois com os livros é possível aprender como construir frases coerentes, em seu formato e em sua mensagem.

3. Fortalece a criatividade e a imaginação

A literatura leva o leitor para novos mundos, onde as possibilidades são maiores que a realidade. Sendo assim, quem se habitua a ler desenvolve também a imaginação através de narrativas diversificadas, tendo melhores condições de ser criativo e, futuramente, desenvolver projetos que imprimam originalidade e inovação.

4. Melhora a atenção e o foco

Para acompanhar uma história é preciso ter atenção, senão seu conteúdo será facilmente perdido. Um leitor voraz desenvolve a capacidade de foco à medida em que se aprofunda em histórias e narrativas, percebendo detalhes e guardando na memória aquilo que foi lido.

Conheça o livro “Hiperfoco: como trabalhar menos e render mais”

5. Estimula o pensamento crítico

Através da leitura, os adolescentes são expostos a diferentes perspectivas e pontos de vista. Isso os ajuda a desenvolver o pensamento crítico, pois a pluralidade de informações os estimula a questionar e avaliar informações de forma mais objetiva.

6. Trabalha a empatia

A leitura de histórias que exploram diferentes culturas, experiências e perspectivas ajuda a desenvolver empatia, pois propõem que nos coloquemos no lugar do outro. Isso pode contribuir para relacionamentos mais saudáveis, com mais compreensão e tolerância, além de desenvolver outras importantes habilidades socioemocionais.

Leia também: Conheça a importância da literatura negro-brasileira para a construção de uma educação antirracista

5 dicas para incentivar o público jovem a ler mais

Como vimos, a leitura tem caído nos últimos anos e, como os adolescentes são o público que mais lê, é importante incentivá-los a permanecer neste caminho. Se sua ideia é manter um jovem lendo ou criar um novo leitor, essas cinco dicas podem te ajudar:

1. Deixe que eles escolham as histórias
2. Proponha obras que deram origem a filmes e séries
3. Incentive a criação de um clube do livro
4. Experimente diferentes formatos e tecnologias
5. Fomente o prazer pela leitura

1. Deixe que eles escolham as histórias

Os adolescentes estão em uma fase que querem autonomia para tomar decisões próprias, e isso é ótimo! Dê liberdade para que eles escolham suas leituras, pois todo livro fortalece o hábito de ler e a evolução de temas e interesses surgirá de forma natural.

2. Proponha obras que deram origem a filmes e séries

Procurar histórias as quais eles já estão adaptados é uma boa forma de incentivá-los a ler, pois o interesse nelas já está criado. Se os jovens gostaram de um filme ou série, certamente curtirão conhecer o livro que deu origem a eles.

3. Incentive a criação de um clube do livro

Incentive a leitura em grupo com um clube de livro, pois assim os adolescentes poderão debater sobre as histórias lidas. Deste modo, eles absorverão mais das obras e desenvolverão argumentos sobre elas.

4. Experimente diferentes formatos e tecnologias

Toda leitura é válida, incluindo quadrinhos, fanfiction, e outros conteúdos atuais. Outra ideia é contar com a tecnologia, como livros digitais e leituras de fácil acesso, encontradas na internet.

5. Fomente o prazer pela leitura

A leitura precisa ser prazerosa, e não um castigo. Os adolescentes possuem idade suficiente para compreender que os livros são importantes, e aprender a apreciá-los.  Por isso, essa atividade não pode ser entendida como uma obrigação, mas sim um momento de lazer e aprendizagem.

Esperamos que você tenha gostado de saber mais sobre o Dia do Adolescente. Para se inspirar, conheça Mundo Benvirá e saiba como proporcionar momentos mágicos para crianças e adolescentes!

Você também pode gostar

Artigos em destaque