Conheça a literatura infantojuvenil e confira 8 livros que você precisa ter!

Conheça mais sobre a literatura infantojuvenil, qual seu objetivo e confira 8 livros para adquirir. Continue a leitura!
literatura infantojuvenil: criança com livro vermelho

Os livros são grandes aliados do ser humano, acompanhando desde crianças até idosos. Com diversas funções, inclusive educativa, a literatura infantojuvenil é uma ferramenta para potencializar a formação e experiência lúdica adquiridas durante a  juventude.

Passando por livros de ficção e chegando até mesmo em biografias, a literatura infantojuvenil pode agradar os mais novos com diversas propostas. Veja mais sobre esse tema, entenda seu objetivo e conheça 8 livros para ter em casa!

O que é literatura infantojuvenil?

Chamamos de literatura infantojuvenil as histórias fictícias infantis e juvenis, biografias, novelas, poemas, obras folclóricas e culturais e demais escritos que sejam pensados e desenvolvidos para crianças e adolescentes. 

Portanto, é um ramo extremamente amplo, que por ter como foco a idade do leitor, passa por diversos gêneros que podem chegar a ele.

Por mais que o hábito da leitura venha perdendo a força, os livros ainda chegam em 71% das crianças de 5 a 10 anos e 81% dos pré-adolescentes (11 aos 13), diminuindo a partir dos 14 anos. 

Vale ressaltar que a literatura infantojuvenil é pensada nesta faixa etária, mas pode chegar em todos. O principal é que ela seja apropriada para seu público, por exemplo, com o  uso de muitas imagens e cores para crianças pequenas e o cuidado com temas sensíveis para adolescentes, como sexo, drogas e violência.

Confira: Conheça mais sobre o Dia Mundial do Livro!

Quais os objetivos da literatura infantojuvenil?

Ler sempre nos ensina muito, seja na ampliando nossa linguagem, melhorando nossa interpretação de textos, ou proporcionando um encontro com os valores presentes nas histórias. Escrita e leitura são partes importantes da comunicação, atuando em mais aspectos do que percebemos.

A literatura infantojuvenil, como visa atingir um público que passará por um período mais intenso de formação, pode ensinar ainda mais. Veja agora os seis pricipais objetivos dela:

1. Didática
2. Lúdica
3. Literária
4. Sociocultural
5. Axiológica
6. Terapêutica

1. Didática

A didática é compreendida como a forma de transmitir conhecimento, nos livros, isso vem de duas formas: pedagógica e moral. Inclusive, a primeira etapa da literatura infantil passa pela didática, desde o início da escola.

Leia também: Conheça a importância e a história do Dia do Livro Didático!

2. Lúdica

A literatura infantojuvenil é entendida como lúdica pois funciona como um jogo para o público, sendo assim, ela é uma ótima forma de entreter crianças e adolescentes. Afinal, além de proporcionar muitos aprendizados, os livros também são divertidos.

3. Literária 

A função literária está no sentido de apresentar os modelos narrativos, poéticos e dramáticos para o público infatojuvenil. Aqui, há um foco nas histórias e em sua escrita.

4. Sociocultural 

A literatura é uma forma de arte, e, dessa forma, ela sempre será um produto sociocultural, que é empregado — em muitos casos — para dar um conhecimento maior da realidade. Além disso, esse ramo da literatura ainda conta com um caráter socializante, principalmente dentro da escola.

5. Axiológica

Com a axiologia, a literatura infantojuvenil explora os valores e contravalores, muito conhecidos como “moral da história”. As histórias possuem um significado, trabalhando a natureza, a teoria, a essência e os juízos dos valores.

6. Terapêutica

Chegando ainda mais longe, a literatura infantojuvenil tem a característica terapêutica, ajudando crianças e adolescentes que precisam tratar questões físicas, psicológicas ou mentais. Afinal, um livro estimula muito o imaginário, permitindo que as pessoas possam viver diversas vidas.

Leia também: Qual é a verdadeira importância da leitura?

Conheça 8 livros de literatura infantojuvenil que você precisa ter!

Conhecer sobre a literatura infantojuvenil é ótimo, mas ler é ainda melhor! Inclusive, é possível fazer um exercício de identificação das funções em um livro, vendo se ele conta com todas ou não.

Com tantos lados positivos, é importante que o país possa formar mais leitores, sejam eles crianças, adolescentes, adultos ou idosos. Os livros infantojuvenis podem agradar a todos, veja agora algumas obras que irão te surpreender:

1. O Livro Para Dragões
2. Terra de Histórias – Um tesouro de Contos de Fadas Clássicos
3. Guia da Rainha Chapeuzinho Vermelho Para a Realeza
4. O Diário de Carson Phillips
5. Os 7 Hábitos das Crianças Felizes
6. Os Diários de Mamãe Ganso
7. A Guerra dos Werelords
8. Ansiedade – Como Enfrentar o Mal do Século Para Filhos e Alunos

1. O Livro Para Dragões

A obra conta a história de senhorita Drake, uma Dragoa de 3 mil anos de idade que coloca seu bichinho de estimação — Wendy, uma humana — em uma escola extraordinária. Lá, a garota faz novas amizades e inimizades, mas aproveita, pois convive só com seres mágicos.

Tudo muda quando o avô de Wendy tenta tirá-la da escola e, então, a senhorita Drake precisa agir. Confira O Livro Para Dragões aqui!

2. Terra de Histórias – Um tesouro de Contos de Fadas Clássicos

Terra de Histórias é um livro que passeia por diversos clássicos, como Branca de Neve, Pinóquio e Cinderela. É uma obra que já conquistou milhares de fãs através de diversos volumes, mas que podem ser lidos de maneira independente.

3. Guia da Rainha Chapeuzinho Vermelho Para a Realeza

Seguindo essa tendência de reimaginação de clássicos, aqui temos uma história na qual Chapeuzinho Vermelho, após quase ser devorada por um lobo, se torna parte da realeza.

O livro Guia da Rainha Chapeuzinho Vermelho Para a Realeza traz vários conselhos e dicas para a nova vida da personagem, que podem ser aplicadas para o público infantil na realidade.

4. O Diário de Carson Phillips

Indicado para adolescentes, O Diário de Carson Phillips mostra o último ano do jovem na escola, se preparando para entrar na universidade. Ele precisa lidar com sua dificuldade de respeitar a autoridade dos professores e do diretor, e criar uma revista literária, que pode ser seu passe para a graduação.

5. Os 7 Hábitos das Crianças Felizes

Indicado para o desenvolvimento infantil, a obra Os 7 Hábitos das Crianças Felizes, traz sete histórias que passam valores importantes para os pequenos. Por meio de aventuras fantasiosas e divertidas, eles aprenderão sobre trabalho em equipe, respeito pelos outros, responsabilidade, etc.

Leia também: Veja quais são os principais métodos de alfabetização e como aplicar!

6. Os Diários de Mamãe Ganso

Mamãe Ganso nunca se encaixou no Palácio das Fadas e só encontrou seu lugar no Outromundo, onde ela viu que poderia ajudar bastante na evolução desse espaço não-mágico. A história contada na obra Os Diários de Mamãe Ganso mostra, de maneira fantasiosa, como ela influenciou diversos acontecimentos reais.

7. Wereworld – A Guerra dos Werelords

Com uma história mais densa, A Guerra dos Werelords é uma aventura completa. O livro mostra uma terra mágica em conflito, onde cada um tem suas razões e estão dispostos a dar a vida pela vitória dos Sete Reinos.

8. Ansiedade – Como Enfrentar o Mal do Século Para Filhos e Alunos

Através de metáforas, a literatura infantojuvenil consegue trabalhar com temas mais sérios, de forma didática. 

No livro Ansiedade – Como Enfrentar o Mal do Século Para Filhos e Alunos, temos uma fantasia sobre crianças que passam tempo demais conectadas e precisam da natureza para tranquilizar suas mentes, lidar com a ansiedade, e serem mais saudáveis. 

Esperamos que você tenha gostado deste artigo e que ele tenha te inspirado a consumir mais obras de literatura infantojuvenil. Continue no blog e conheça a importância da literatura negro-brasileira para a construção de uma educação antirracista!

Você também pode gostar

Artigos em destaque